Nenhum leito será suficiente se a epidemia explodir, diz secretário de saúde de MG

Carlos Eduardo Amaral defendeu com veemência o isolamento social.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Secretário de Saúde de Minas Gerais, Carlos Eduardo Amaral, concedeu entrevista na manhã deste sábado (20/06) ao Triângulo Notícias. Ele afirmou que outros países possuem uma estrutura de saúde superior a do Brasil como Itália e Espanha, contudo enfrentaram dificuldades no combate ao novo coronavírus, pois não adotaram medidas de isolamento adequadas.

O Secretário de Saúde destacou que são dois focos no enfrentamento da crise. O primeiro é a prevenção com o isolamento social e o segundo o tratamento que consiste na disponibilização de leitos, com respiradores, e medicamentos.

- Continua depois da publicidade -

Carlos Eduardo Amaral, afirmou: “não adianta falar em ampliação de leitos se nós não falarmos em isolamento social, ou seja, nenhum leito será o suficiente se a epidemia explodir em algum lugar do estado”.

Ele ainda salientou que a saúde é uma responsabilidade compartilhada entre o governo federal, estadual e municipal, contudo o administrador local é o gestor da saúde, ou seja, é aquele ente que faz os contratos e que coordena a estruturação.

Sobre a compra de leitos privados para atender a demanda no sistema público, Carlos Eduardo Amaral disse que o setor particular também está sujeito ao aumento da demanda, já que a doença, covid-19, não escolhe entre os usuários do SUS ou da rede privada.

Quanto a entrega de respiradores para a regional de Patos de Minas, o Secretário de Saúde informou que está sendo realizada uma análise para verificar se já existe estrutura adequada para receber os dez equipamentos, já que segundo ele não adianta entregá-los se não houver leitos para instalá-los e equipe para operá-los.

Assista ao trecho da entrevista a seguir:

https://facebook.com/triangulonoticias/videos/606801193286572

Clique aqui e assista a entrevista completa no YouTube

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -