Mulher é morta pelo cunhado em São Gotardo

Suspeito nega o crime, mas diz que a vítima teria destruído o casamento dele.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Adneia Alves Silva Chaves tinha 42 anos.

A Polícia Militar registrou feminicídio no Bairro Boa Esperança, na cidade de São Gotardo.  O crime aconteceu na madrugada deste sábado (28/08).

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar recebeu um chamado via 190, informando que havia uma mulher ferida, caída próxima a uma calçada e que a filha estava junto dela.

Os militares foram ao local e encontraram a vítima Adneia Alves Silva Chaves, de 42 anos, caída na calçada da casa onde reside, acompanhada da filha de 16 anos. A mulher estava inconsciente e toda ensanguentada.

Em conversa com os militares, a garota informou que o cunhado da mãe, Ivan Ferreira Aguiar, 31 anos, natural de Jeripapo/MA, seria o autor do crime. Imediatamente, os militares providenciaram o socorro. Levando a vítima para a UPA. Porém, ao dar entrada na unidade hospitalar, ela não resistiu ao ferimento nas costas provocado por um golpe de canivete e morreu.

Sobre o crime, a filha relatou para os militares que estava junto com a mãe em um bar na Rua Francisco Resende filho. Elas informadas que Ivan estava a procura de Adneia, na intensão de matá-la.

Assustadas com a notícia, mãe e a filha saíram do bar e foram embora para a casa que fica na Rua Castorina de Jesus. No trajeto, ainda na rua do bar, Ivan apareceu repentinamente atrás delas e desferiu um golpe de canivete nas costas de Adneia.

A filha relatou ainda que após agressão, ela entrou em luta corporal com Ivan, no intuito de evitar que a mãe recebesse mais golpes. Durante a contensão, o canivete caiu. Ivan correu e permaneceu na esquina, observando Adneia chegar na porta da casa e cair.

Continuando com os relatos, a filha disse que Ivan é cunhado de Adneia e que eles não tinham um bom relacionamento, pois Ivan alegava que Adneia havia destruído casamento dele.

De posse das informações, os militares foram na casa de Ivan que fica na Rua Ilário Albino. Após muita insistência, ele abriu a porta e foi preso. Na casa, os militares localizaram as vestes e um canivete de aproximadamente 21cm de lâmina. Em conversa com os militares, Ivan negou o crime, mas confirmou que não tinha um bom relacionamento com a cunhada, alegando que ela teria destruído casamento dele.

Diante dos fatos, Ivan Ferreira Aguiar, de 31 anos, foi preso e encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Patos de Minas.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.