Mulher de 49 anos é morta com várias facadas e seu ex-companheiro é o principal suspeito

O suspeito tentou fugir, mas um popular deu uma pedrada nele e evitou a fuga. O homem foi preso e está internado, sob escolta, em Patos de Minas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

No final da tarde de ontem, sábado (30/06), uma mulher foi morta a facadas no Bairro Nações em Serra do Salitre. O homicídio foi registrado pela Polícia Militar e diligências foram feitas até o final da noite.

Segundo informações repassadas a redação do Triângulo Notícias, pelos militares, uma testemunha de 36 anos disse que estava no interior da residência, quando ouviu gritos vindos da parte externa e ao verificar constatou que o suspeito G.S. de 48 anos estava agredindo a vítima, Geovana Souza Viana Castro de 49 anos, sua ex-companheira com uma faca, tendo golpeado por diversas vezes.

- Continua depois da publicidade -

Em seguida, o suspeito G.S. tentou sair do local com a faca em punho, quando a testemunha, um homem, atingiu-o com uma pedra, provocando uma fratura na perna direita, impossibilitando a fuga do autor.

No local, os PMs perceberam que a vítima Geovana já se encontrava sem os sinais vitais, sendo o local isolado e preservado até a chegada da perícia, que após trabalhos de praxe, liberou o corpo para a funerária Santa Terezinha.

O suspeito do homicídio foi socorrido ao Pronto Socorro pela ambulância e posteriormente encaminhado para o Hospital Regional em Patos de Minas, sob a escolta de uma viatura de Cruzeiro da Fortaleza.

O homem negou os fatos, dizendo que o autor do homicídio seria F.B.S.P.. Contudo, conforme relato das testemunhas ouvidas pela Polícia Militar, o suspeito de ser o autor dos fatos é mesmo o ex-companheiro da vítima.

Foto: Ilustrativa

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -