MP requisita imagens de cadeia onde Garotinho diz ter sido agredido

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Ministério Público (MP) requisitou, nesta terça-feira (28) , as imagens da madrugada em que o ex-governador Anthony Garotinho diz ter sido agredido na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica. O pedido foi feito pelo procurador-geral de Justiça do Estado ao secretário de Administração Penitenciária, coronel Erir Ribeiro.

Segundo nota divulgada pela assessoria do MP, “o pedido especifica o período entre 20h do dia 23 de novembro às 6h do dia 24 de novembro, horário em que o ex-governador Anthony Garotinho diz ter sido agredido por agentes penitenciários”. No documento, o procurador-geral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem, esclarece que o MP recebeu informações de possível edição das imagens disponibilizadas pela Seap.

O delegado responsável pelo caso, Wellington Vieira, titular da 21ª Delegacia de Polícia, confirmou, em entrevista à imprensa, que o laudo do Instituto Médico Legal (IML) indica que os hematomas no joelho e no pé de Garotinho são compatíveis com lesão corporal, mas não se pode afirmar se foram resultado de agressão. De acordo com o delegado, a lesão foi produzida por um instrumento contundente, como um taco de madeira descrito por Garotinho.

A polícia fará nesta quarta-feira (29) uma perícia na ala onde estava preso o ex-governador para sanar eventuais dúvidas sobre o ocorrido. Na cadeia de Benfica estão presos o ex-governador Sérgio Cabral, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, e os deputados Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB, além de ex-secretários e ex-assessores do governo Cabral.

Eles são considerados desafetos políticos de Garotinho, que os denunciou inúmeras vezes, tendo inclusive divulgado a foto em que  vários deles aparecem com guardanapos na cabeça em um restaurante de Paris. A defesa de Garotinho também requereu perícia nas imagens, para saber se foram editadas. A Seap disse que as imagens de seu circuito de câmeras não mostram agressão a Garotinho, que, por isso, foi transferido para o Complexo Penitenciário de Bangu.

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.