Motorista capota veículo próximo ao trevo da Escola Agrícola em Patos de Minas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação (Polícia Militar Rodoviária/PMR)

O acidente foi na MGC 354, altura do KM, 174, próximo à cidade de Patos de Minas, onde segundo versão do condutor de 40 anos, ele transitava com o veículo GM CORSA no sentido trevo da Avenida Marabá/Escola Agrícola, quando em dado momento teria ouvido um estouro. O motorista perdeu o controle direcional do veículo, bateu em um barranco e capotou.

Após o acidente, o condutor com o auxilio de usuários da via, conseguiu sair debaixo do veículo, deixou as chaves  com uma das testemunhas que estava no local e foi embora, alegando que iria pedir socorro. A policia rodoviária foi acionada, sinalizou o local, controlou o transito até a chegada do serviço de guincho credenciado.

Por volta das 23h40min, a policia localizou o condutor na residência dele. Ele alegou que sentia dores no tórax, pescoço e cabeça e foi encaminhado a UPA, para atendimento médico. Após atendido, foi convidado e realizou o teste do etilômetro sendo aferido o valor de 0,18 mg/l. Diante do exposto ele foi preso em flagrante delito por em tese ter cometido crime tipificado no Art. 305 do CTB. “Art. 305. Afastar-se o condutor do veículo do local do acidente, para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser atribuída”.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.