Motel é assaltado e jovem acaba preso pela PM em Patos de Minas

As vítimas ignoraram as ordens do assaltante e saíram correndo em meio a uma pastagem. A PM foi acionada e conseguiu localizar um suspeito. As vítimas reconheceram os aparelhos celulares que haviam sido roubados. O jovem ainda é suspeito de participar de outro crime na segunda-feira (10).
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Na noite da última terça-feira (11), na BR-354, Bairro Distrito Industrial II, as vítimas acionaram a Polícia Militar e relataram que estavam no interior do motel, onde trabalham, quando foram surpreendidas com o barulho da porta de vidro do escritório, que fora quebrada.

Elas olharam a viram a mão de um homem passando pelo vidro e apontando um revólver cromado de cano comprido. O bandido trajava uma blusa de cor escura e um boné também escuro, não sabendo precisar mais detalhes. Ele exigiu que lhe entregassem todo o dinheiro que tivessem em seu poder.

As vítimas saíram correndo pela porta dos fundos do escritório e ignoraram as as ordens do assaltante. Elas correram em meio a um pastagem e pediram ajuda em um vizinho, que acionou a PM.

As viaturas compareceram rapidamente ao local. Foi constatado que o autor não conseguiu entrar no escritório pela porta de vidro que fora danificada, pois ela empenou e não abriu. Aparentemente, ele deu a volta pelo portão de saída dos clientes e entrou no escritório pela porta dos fundos, a mesma que as vítimas utilizaram para fugir do local.

Os funcionários ainda informaram que foram subtraídos dois aparelhos celulares e cerca de R$ 600,00 em dinheiro. As vítimas apresentavam pequenas escoriações nas mãos, provavelmente devido à fuga que empreenderam por meio da vegetação.

No local há câmeras de segurança, porém elas estão inoperantes. No dia 10/12/2018,
aconteceu um roubo com o mesmo modus operandi em outro motel. Na ocasião foi realizado levantamento de informações que levaram à um suspeito de 19 anos poderia ter participado do crime.

Diante disso, os policiais militares compareceram à casa do suspeito pouco depois do acionamento do roubo ocorrido nesta data, sendo constatado que ele não estava no local.

Mais tarde, os  militares retornaram à residência e fizeram contato novamente com a
mãe  que disse que o filho chegou durante a madrugada, e que os policiais poderiam entrar e verificar a residência em busca de indícios de participação no roubo.

O suspeito, a princípio, negou sua participação no crime, porém mostrava-se bastante nervoso e entrava em contradição a todo momento. Os militares verificaram o quarto do rapaz e encontraram, debaixo do seu colchão dois aparelhos celulares idênticos aos que foram roubados no motel nesta terça-feira.

As vítimas reconheceram prontamente os celulares como sendo de sua propriedade.

A PM ainda recuperou as imagens das câmeras de segurança do motel que foi assaltado na segunda (10). Os militares mostraram a filmagem para a mãe que reconheceu o filho.

As vítimas também reconheceram o suspeito através de fotografia captura in loco pelos policiais. O jovem não quis repassar informações sobre o dinheiro que fora subtraído e sobre a arma de fogo utilizada, sendo preso e conduzido à delegacia, juntamente com os dois celulares apreendidos.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS