Morre cão dos Bombeiros que atuou em Mariana e Brumadinho

O animal sofria de pancreatite. Ele foi velado e cremado.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Divulgação (Corpo de Bombeiros/MG)

Um cão que atuou na busca por desaparecidos em Mariana e em Brumadinho morreu no último sábado (26/10). De acordo com o Corpo de Bombeiros, Thor era da raça border collie e tinha cinco anos de idade. A causa da morte teria sido uma pancreatite.

Além das tragédias de barragens, Thor atuou nas buscas pelo esportista francês no pico dos Marins e também no desabamento de edificações no bairro Mantiqueira em Belo Horizonte.

- Continua depois da publicidade -

Os Corpo de Bombeiros, através de nota, informou que está de luta com a perda de Thor.

Graças à atuação dele, inúmeras famílias puderam ter seus entes queridos localizados e velados. Thor era considerado uma referência nacional na localização de pessoas desaparecidas.

A família Bombeiro Militar encontra-se consternada e enlutecida pela perda desse integrante que nunca foi considerado como apenas um cão e sim como um Bombeiro Militar que verdadeiramente era. Expressamos aqui nossas condolências, em especial aos militares do BEMAD/Canil que atuavam como binômios do Thor e nosso profundo respeito pelo trabalho e legado por ele deixado.

O animal foi cremado em uma cerimônia fechada com a presença de vários Bombeiros, incluindo seus binômios (guias).

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -