Moro pede demissão e deixa o governo Bolsonaro

Ele anunciou decisão em coletiva de imprensa após saída de Maurício Valeixo do comando da PF.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Sergio Moro
Sergio Moro – Ex-Ministro da Justiça do Governo de Jair Bolsonaro.
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O Ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, em pronunciamento nesta sexta-feira (24/04) em Brasília, anunciou sua demissão.

Na quinta-feira (23/04), a imprensa nacional repercutiu o atrito entre Bolsonaro e Moro, após o presidente decidir pela saída do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Leite Valeixo.

- Continua depois da publicidade -

Durante seu pronunciamento de despedida, Moro enalteceu seu trabalho no combate a criminalidade. Também ressaltou que fez um único pedido a Jair Bolsonaro, ao aceitar o cargo, que sua família não ficasse desamparada e recebesse uma pensão, caso algo acontecesse com ele.

Sergio Moro deixou claro que sua demissão se deve a saída de Maurício Valeixo. Ainda ressaltou que a decisão de Bolsonaro teria sido motivada por questões políticas.

Em suas últimas palavras, disse que vai tirar um tempo para descansar e depois procurará emprego. Ressaltou que não enriqueceu em carreira pública e que abdicou do cargo de juiz para prestar um serviço ao Brasil enquanto ministro.

Assista a íntegra do pronunciamento:

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -