Morador de prédio abandonado é golpeado nas costas em Uberlândia

A tentativa de homicídio foi registrada ontem, terça-feira. Nenhum suspeito foi preso até o fechamento desta reportagem.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Uma tentativa de homicídio foi registrada pela Polícia Militar na manhã de ontem (07/08) em Uberlândia. De acordo com informações repassadas a redação do Triângulo Notícias,  no cruzamento da Rua Monte Alegre com a Avenida Floriano Peixoto, as guarnições da PM encontraram a vitima vítima, um homem de 52 anos, de pé, cheio de sangue pelo corpo, relatando ter sido agredido por um indivíduo.

O corpo de bombeiros, ao realizar os primeiros atendimentos, levantou a camiseta da vitima observando aproximadamente três perfurações nas costas, encaminhando-a de imediato para atendimento médico no Pronto Socorro do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC/UFU).

- Continua depois da publicidade -

Na unidade, os militares realizaram contato com a vitima que relatou que reside na Avenida Floriano Peixoto em um prédio abandonado, e que há cerca de três dias um indivíduo (moreno, baixo, calvo, barba baixa de aproximadamente 40 anos) começou a frequentar o local.

A vitima disse a ele que não queria que o mesmo fosse mais ao prédio, pois estava sentindo falta de alguns de seus pertences. Neste momento, o suspeito se enfureceu dizendo em alto tom à vitima se ela estava lhe ”tirando”.

Neste instante, a vítima sentiu apenas golpes nas costas, vindo o suspeito a sair correndo do prédio tomando rumo ignorado. A vítima afirma já ter visto o homem em outras ocasiões nas praças Nossa Senhora Aparecida e Rodoviária, porém não havia tido contato.

O quadro de saúde da vítima requer cuidados, pois os golpes podem ter acarretado lesões internas.

De posse das características repassada pela vítima foi realizado patrulhamento nas mediações, porém nenhuma pessoa com essas características foi encontrada.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -