Milagres acontecem quando a gente vai à luta

Sair da zona de conforto é um dos primeiros passos para conquistar os objetivos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Reprodução

Por: Andressa Arielly (Colunista)

“Todo progresso acontece fora da zona de conforto”. Quantas vezes já ouvimos essa frase. Algumas vezes fazendo sentido e outras vezes como uma das milhares frases que ouvimos e deixamos passar durante o dia.

- Continua depois da publicidade -

Mas o que de fato fazemos para sairmos da zona de conforto? O que de fato fazemos para irmos em direção ao progresso? A verdade é que não fazemos muito. Na verdade, não fazemos quase nada.  A nossa tendência é nos mantermos estagnados, inertes onde estamos. Muitas vezes esperamos os milagres acontecerem, que as mudanças cheguem e que da noite para o dia tudo seja diferente.

O motivo pelo qual fazemos isso são inúmeros, mas acredito que um deles é a nossa falta de capacidade em manter um foco, ou até mesmo estabelecer um foco. Vivemos em um contexto cheio de estímulos, oportunidades e inícios. O que parece bom. Mas em muitos casos isso pode ser difícil de ser administrado. Você inicia um projeto, mas logo surge uma nova oportunidade e assim começa um novo projeto, e isso vira um ciclo infinito. O que dificulta a manutenção de um foco.

Muitas vezes o desafio não é ter um foco, e sim dizer NÃO para aquilo que está fora do seu objetivo. Um outro problema que não facilita ao se ter um foco é o quanto ele é claro, ou não. Muitas pessoas colocam um foco para a sua vida, caminhar em direção aquilo, porém muitas das vezes aquilo não está claro nem para ela mesma. Por exemplo, comprar um carro parece ser um foco? Certo, pode ser um foco, mas está claro? Não. Um carro tem marca, modelo, ano, cor, adicionais, preços variados e formas de pagamento.

O que também faz parte do foco, é saber o que está disposto a abrir mão para alcançar aquele objetivo. Muitas vezes para chegar em algum lugar devemos optar por um caminho, seguir a diante sem olhar ou pensar nas outras estradas que não escolhemos estar. Esse é o maior desafio que temos, clarear o ponto de onde queremos chegar. Esse é o diferencial de muitas pessoas que conseguem alcançar seus objetivos, eles vão porque sabe onde querem chegar.

Um exercício que pode ser feito por qualquer pessoa para ter uma vida com mais foco é uma autoanálise do ponto em que se está hoje, baseado em que tomamos nossas decisões, e sabemos o quanto satisfeitos estamos com a vida que levamos. Após essa autoanálise, a qual não é possível ser feita em 4 ou 10 minutos, podemos começar a traçar um foco e então visualizar onde se quer chegar.

Essa autoanálise exige um nível de autoconhecimento elevado, e é essa a maior barreira que encontramos quando queremos traçar um foco e ter a clareza necessária. Com o foco claro, podemos começar a traçar estratégias para ação, só assim caminhamos em direção para mudar a nossa realidade.

Ter o desenho de onde se quer chegar faz com que possamos optar por um caminho e deixar para trás outros caminhos não escolhidos. A partir de um foco, uma estratégia de ação, após dar o primeiro passo, já não estaremos no mesmo lugar e então os resultados começam a chegar. O que muitas vezes parece um milagre, mas só acontece porque se deu o primeiro passo. E lembre-se, ainda não há outra forma de se ter resultado se não com uma ação.  E para ter um resultado otimizado, começar com um foco claro já potencializa o que se busca.

Se você tem um objetivo, deixe ele claro para você mesmo. Como se você tivesse montando um quebra cabeça e tivesse primeiro que fazer o desenho do fundo da tampa da caixa para começar a usar estrategicamente a primeira peça do quebra-cabeça.

Portanto, sair da zona de conforto tem como início: saber onde se vai chegar quando der o primeiro passo dentro dessa zona de conforto, após isso as mudanças surgirão. E com as mudanças surgem novos resultados, esses resultados podem parecer milagres, mas não são. Na verdade, alguém foi a luta.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -