Milagre? Menina de 4 anos dada como morta em tragédia de Janaúba foi reanimada, informa Polícia Militar

Segundo a PM, a criança foi reanimada após várias tentativas. O número de óbitos caiu para sete e inclui crianças, a professora e o autor.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: ALEX DE JESUS/O TEMPO/ESTADÃO CONTEÚDO

Fonte: Rádio Itatiaia

As equipes integradas de segurança que trabalham na tragédia de Janaúba retificaram o número de mortos. Ao contrário do que foi divulgado na noite dessa quinta-feira, Cecília Divina, de 4 anos, não morreu. A informação foi passada pelo assessor de comunicação da Polícia Militar de Minas Gerais, Major Flávio Santiago, na manhã desta sexta-feira.

“Felizmente, uma criança do sexo feminino que foi noticiada também como falecida, ela, por sucessivas animações cardíacas, permanece com vida. É uma notícia muito boa diante de tanto caos e de tanta tristeza”, informou Santiago.

Com a correção, o número de mortos caiu para sete, sendo cinco crianças, a professora e o vigia, responsável pela tragédia. As crianças foram identificadas como Luiz David Ferreira, Ana Clara Ferreira da Silva, Ruan Miguel Santos Silva, Juan Pablo Cruz dos Santos, Renan Nicolas, todos de 4 anos.

Os outros mortos são o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, e a professora Heley de Abreu Silva Batista, de 43 anos.

Vinte e três pessoas estão feridas e seguem internadas em hospitais de Janaúba, Montes Claros e Belo Horizonte, sendo 21 crianças e dois adultos.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Para denunciar um comentário ofensivo clique na bandeira vermelha.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.