Meirelles diz a empresários que país está vivendo momento significativo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Rio de Janeiro - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, fala durante Almoço com o Empresário, na Associação Comercial do Rio de Janeiro, no centro da capital fluminense (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Rio de Janeiro – O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, fala na Associação Comercial do Rio de Janeiro (Tomaz Silva/Agência Brasil)

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (2) a empresários, na Associação Comercial do Rio de Janeiro, que o Brasil está vivendo um momento significativo e relevante, pois está saindo da maior recessão dos últimos tempos, cujos efeitos ainda vão ser sentidos pela sociedade.

Dados apresentados por Meirelles mostram que ao se comparar os 12 meses até maio de 2016, quanto assumiu o governo Michel Temer, aos 12 meses findos em janeiro desse ano, verifica-se que a inflação, que era naquela ocasião da ordem de 9,3%, hoje caiu para 2,9%. Os juros, por sua vez, atingiam patamar de 14,25% e, agora, estão em 7% ao ano. O risco Brasil, que se mostrava elevado, com 368 pontos, hoje está em 145 pontos.

O Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país), de acordo com Meirelles, estava negativo em 5,4% até maio de 2016, e em dois anos, chegou a um crescimento de 1,4%, com expectativa de expansão para 2,7% nos próximos 12 meses. Também o índice de confiança de empresas e consumidores medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) se acha em trajetória ascendente, destacou o ministro.

Empregos

Meirelles citou a população ocupada no país, que chegou a 89,5 milhões de brasileiros entre o final de 2016 e o começo de 2017, e hoje está acima de 91,5 milhões, prevendo-se a criação de mais 2,5 milhões de postos de trabalho em 2018. Ele reconheceu que o Brasil ainda tem 11 milhões de desempregados, mas disse que o ritmo de crescimento da economia e do emprego é muito forte, o que o leva a acreditar em dias melhores. “A retomada [da economia] com queda da inflação gera ganho do poder de compra muito forte”, disse.

A expectativa do ministro Henrique Meirelles é que a reforma trabalhista possa gerar 6 milhões de novos empregos no Brasil.

 

FONTE: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.