McLaren e Honda encerram a parceria na F1

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Honda e a McLaren anunciaram a decisão de interromper sua parceria para o Campeonato Mundial de Fórmula 1 da FIA (Fédération Internationale de l’Automobile ? F1) no final da temporada de 2017. A parceria teve início desde que o time voltou às corridas de F1 em 2015 e continuará nas provas restantes até o final da temporada de 2017.

Takahiro Hachigo, Presidente e Diretor da Honda Motor Co., Ltd. “Infelizmente tivemos que nos separar da McLaren antes de cumprir nossas ambições. No entanto, tomamos a decisão com a crença de que este é a melhor escolha para o futuro de ambos. Em nome da Honda, gostaria de expressar minha sincera gratidão aos fãs que apoiaram muito a equipe, bem como os pilotos, membros da equipe e todos os envolvidos que compartilhavam conosco as alegrias e decepções desde que começamos a preparar nosso retorno para a F1 em 2015. A Honda continuará a disputa junto com a McLaren até o final da temporada de 2017. E, depois, continuará suas atividades de corrida de F1 em 2018 e adiante “.

Shaikh Mohammed bin Essa Al Khalifa, presidente executivo e diretor executivo do grupo McLaren. “A Honda é uma ótima empresa que, como a McLaren, está na Fórmula 1 para ganhar. Embora nossa parceria não tenha produzido o sucesso desejado, isso não diminui a grande história que nossas duas empresas desfrutaram juntas, nem nossos esforços contínuos para alcançar o sucesso na Fórmula 1. Neste ponto, é no melhor interesse de ambas as empresas, que buscamos nossas ambições de corrida separadamente “.

Zak Brown, Diretor Executivo, McLaren Technology Group. “Nunca houve qualquer dúvida sobre o compromisso e a energia da Honda para a missão do sucesso na Fórmula 1. Eles são, comprovadamente vencedores e inovadores. Por uma combinação de razões, nossa parceria não floresceu como qualquer um de nós teria desejado. Certamente não é por falta de esforço por parte da Honda ou da McLaren, mas o tempo passou a avançar em diferentes direções. Como colegas, esperamos ver o excelente nome da Honda voltar ao topo – nosso esporte é melhor com sua participação. Eu sei que esta visão é compartilhada por todos no esporte “.

Sobre a Honda no Brasil: Em 1971, a Honda iniciava no Brasil as vendas de suas primeiras motocicletas importadas. Cinco anos depois, era inaugurada a fábrica da Moto Honda da Amazônia, em Manaus, de onde saiu a primeira CG, até hoje o veículo mais vendido do Brasil. De lá para cá, a unidade produziu mais de 22 milhões de motos, além de quadriciclos e de motores estacionários que formam a linha de Produtos de Força da Honda no País, também composta por motobombas, roçadeiras, geradores, entre outros produtos. Para facilitar o acesso aos produtos da marca, em 1981 nasceu o Consórcio Honda, hoje a maior administradora de consórcios do mercado nacional, que faz parte da estrutura da Honda Serviços Financeiros, também composta pela Seguros Honda e o Banco Honda. Dando continuidade à trajetória de crescimento, em 1992 chegavam ao Brasil os primeiros automóveis Honda importados. Em 1997, a Honda Automóveis do Brasil iniciava a produção do Civic, em Sumaré (SP), de onde já saíram mais de 1,5 milhão de veículos. Durante esses anos a empresa também inaugurou Centros Educacionais de Trânsito, de Treinamento Técnico, de Distribuição de Peças e de Pesquisa & Desenvolvimento. Estruturou uma rede de concessionárias hoje composta por aproximadamente 1500 endereços. Em 2014, em uma iniciativa inédita no segmento, a Honda inaugurou seu primeiro parque eólico do mundo, na cidade de Xangri-Lá (RS). O empreendimento supre toda a demanda de energia elétrica da fábrica de Sumaré, reduzindo os impactos ambientais das operações da empresa. Em 2015, a Honda Aircraft Company anunciou a expansão das vendas do HondaJet, o jato executivo mais avançado do mundo, para o Brasil. E a segunda planta de automóveis da marca foi construída na cidade de Itirapina (SP) porque muito mais está por vir. Saiba mais em http://www.honda.com.br e http://www.facebook.com/HondaBR

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS