Mau cheiro, proliferação de insetos e poluição; morador denuncia despejo de esgoto no Rio Paranaíba

Vídeo mostra tubulação da Copasa lançando esgoto nas águas do rio no Bairro São José Operário em Patos de Minas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Tubulação despeja esgoto nas águas do Rio Paranaíba.
Foto: Reprodução

A COPASA (Companhia de Saneamento de Minas Gerais) é motivo de preocupação para muitos moradores de Patos de Minas. Tudo começou quando a população descobriu que pagava por um serviço que não era prestado totalmente. A taxa de esgoto chegou a ser suspensa após uma decisão judicial, mas a companhia recorreu e voltou a fazer a cobrança.

Ontem, sexta-feira (06/07), nossa reportagem recebeu a denúncia de um morador do Bairro São José Operário. Ele nos enviou um vídeo que mostra uma tubulação, que advém de uma estação da Copasa, lançando esgoto nas águas do Rio Paranaíba.

- Continua depois da publicidade -

Os residentes no bairro reclamam do mau cheiro e também de insetos que acabam sendo atraídos pelo descarte irregular do esgoto. Além disso, o impacto ambiental é grande, visto que o esgoto doméstico, por exemplo, consome oxigênio em seu processo de decomposição, causando a mortalidade de peixes. Os nutrientes (fósforo e nitrogênio) presentes nesses despejos, quando em altas concentrações, ainda causam a proliferação excessiva de algas, o que também desequilibra o ecossistema local.

Recentemente, a Copasa vinculou em alguns veículos de comunicação propagandas e informes a respeito do esgoto. Segundo a companhia, 80% do dejetos já estão sendo devidamente tratados, porém a população desconfia deste dados.

O Triângulo Notícias entrou em contato com a assessoria de comunicação da Copasa e solicitou esclarecimentos a respeito da situação no Bairro São José Operário. Obtivemos uma resposta curta, vaga e que não responde a principal pergunta dos moradores “por que estão poluindo o Rio Paranaíba?”

A Copasa esclarece que técnicos da empresa estão no bairro São José Operário, em Patos de Minas, nesta sexta-feira (06/07), trabalhando para solucionar o problema no menor prazo possível.

Nosso jornalismo continuará a acompanhar a situação da poluição do Rio Paranaíba. Se você tiver algum flagrante ou denúncia, por favor envie pelo WhatsApp (34 9 9972-9703) ou no e-mail (jornalismo@triangulonoticias.com).

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -