Mais de R$ 500 mil podem ter sido desperdiçados pela prefeitura; entenda

A prefeitura adquiriu, na gestão de José Eustáquio, 2,5 mil "caminhas" para as CMEIs, porém não há espaço para instalá-las.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O vereador Vitor Porto (CIDADANIA), juntamente com Cabo Batista (CIDADANIA) e Profª Beth (DEM), membros da Comissão de Educação, apuram um suposto desperdício de dinheiro público na aquisição de “caminhas” para os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) de Patos de Minas.

Desde a semana passada, os parlamentares visitam as instituições e encontram centenas de “caminhas” sem utilização. Os profissionais das creches relatam que não existe espaço físico para a colocação dos móveis e que temem acidentes, já que a superfície é dura e pode provocar lesões em caso de queda.

Conforme divulgado por Vitor Porto, foram gastos R$ 595.740,00 na aquisição de 2.500 unidades. O preço unitário saiu por R$ 238,30. O vereador fez uma pesquisa e encontrou o mesmo produto por R$ 166,15 no mercado, ou seja, um suposto sobrepreço de R$ 180.365,00.

A compra foi efetuada entre setembro e dezembro de 2020, ou seja, durante o período de fechamento das escolas e das creches em razão da pandemia. Quem estava a frente do município era o ex-prefeito José Eustáquio (DEM).

Os parlamentares notificarão o executivo para verificar as providências cabíveis e as circunstâncias da compra. Uma solução, proposta por Vitor Porto, é recolher as “caminhas” e leiloá-las.

Ao Patos Notícias, José Eustáquio afirmou que as caminhas são úteis, uma vez que antes as crianças dormiam no chão. Clique aqui e saiba mais.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade é do respectivo autor. Eles não expressam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.