Mais de 100 mil imigrantes chegaram à Europa pelo Mediterrâneo em 2017

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Twitter IOM

O número de imigrantes e refugiados que cruzaram o Mar Mediterrâneo no primeiro semestre do ano chegou a 101.210reprodução/Twitter

O número de imigrantes e refugiados que cruzaram o Mar Mediterrâneo de 1° de Janeiro até hoje totalizou 101.210, menos de metade das pessoas que fizeram a travessia por mar para a Europa no mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados hoje pela Organização Internacional para as Migrações (OIM). As informações são da agência de notícias Télam.

A Itália é o principal país de chegada de imigrantes e recebeu nos primeiros seis meses deste ano mais de 85.183 imigrantes. Em seguida vem a Grécia, que recebeu no mesmo período 9.290, revertendo a tendência de 2016. No ano passado, chegaram pelas ilhas gregas 158.527 imigrantes e pela Itália 71.279 pessoas.

Uma das principais razões para esta mudança é que a Turquia era o país de partida mais utilizado para se chegar à Grécia. No entanto, as saídas de barcos com imigrantes a partir da Turquia caiu drasticamente após um acordo entre o governo turco e a União Europeia (UE), firmado em março do ano passado para conter o fluxo de imigrantes.

As estatísticas da OIM também consideraram as mortes registradas na tentativa de tavessia do Mediterrâneo, na maioria dos casos da Líbia para a Itália. Desde o início do ano, morreram 2.501 pessoas nesta rota.

 

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.