Macron e Merkel consideram violações do cessar-fogo na Ucrânia inaceitáveis

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O presidente da França, Emmanuel Macron, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, classificaram neste sábado (23) de “inaceitáveis” as crescentes violações do cessar-fogo no leste da Ucrânia e pediram que as partes em conflito assumam “as suas responsabilidades”.

Os dois políticos destacaram, em comunicado divulgado pelo Palácio do Eliseu, sede da presidência francesa, que a solução para a disputa que começou em 2014 na região entre o Exército ucraniano e milícias separatistas pro-Rússia pelo controle do território só pode ser “pacífica”.

- Continua depois da publicidade -

Macron e Merkel reafirmaram apoio “ao pleno respeito à soberania e à integridade territorial da Ucrânia” e o compromisso com a aplicação completa dos Protocolo de Minsk, assinados em fevereiro de 2015 pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko.

* É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados

Edição: Maria Claudia

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -