Lula acredita na liberdade, na união nacional e na vitória em 2022

O ex-presidente já planeja caravanas pelo país. Ele acredita ser o “fio condutor da pacificação nacional”.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Lula acredita na liberdade, na união nacional e na vitória em 2022
Foto: Divulgação (Partido dos Trabalhadores/Lula/Facebook)

O ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, está crente que irá deixar a prisão nos próximos meses e iniciará uma caravana pelo país. A informação foi publicada neste domingo, 20 de outubro, na Folha de São Paulo.

Lula está cumprindo pena em Curitiba após ser condenado em segunda instância no caso do Triplex do Guarujá. O líder petista, recusou a proposta do semi-aberto sob justificativa de que não teria uma liberdade plena.

- Continua depois da publicidade -

O petista agora aposta em dois cenários que dependem do Supremo Tribunal Federal (STF). O primeiro é que os ministros barrem a prisão de condenados em segunda instância. O julgamento foi iniciado na semana passada (19/10) e deve ser retomado na quarta-feira (23). Caso o STF entenda que a prisão só deva acontecer após o fim dos recursos, Lula ganharia a liberdade, mas continuaria sem seus direitos políticos.

O outro cenário, que mais agrada Lula, é que o STF entenda que houve falta de imparcialidade do ex-juiz Sérgio Moro. Caso isso aconteça, o julgamento é anulado e o ex-presidente tem os direitos políticos restituídos.

Segundo a Folha, o Partido dos Trabalhadores (PT) aposta no nome de Lula para as eleições de 2022. Segundo os apoiadores, o ex-presidente tem força para vencer a direita, já que possui apoio da maior parte dos brasileiros, sobretudo dos pobres.

Mesmo que tenha os direitos políticos restituídos com a anulação do julgamento do Triplex, Lula pode perdê-los com uma eventual condenação em 2ª instância no caso do Sitio de Atibaia. Ele já foi condenado, neste caso, em primeira instância.

A deputada Gleisi Hoffmann (PT), disse, que o país está passando por uma “destruição”. “Lula em liberdade é um agente político importante e vai ter, obviamente, um papel relevante não só para o PT mas também para o Brasil. O povo brasileiro tem confiança no Lula —principalmente o povo pobre— e isso dá a ele condições de ter uma atuação política de enfrentamento mais sistemático a tudo que está acontecendo e à destruição a que o país está sendo submetido”.

Ainda conforme a Folha, o ex-presidente Lula acredita que irá assumir o papel, do que tem chamado, de “fio condutor da pacificação nacional”.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -