“Lula a um passo da prisão”: imprensa mundial repercute decisão de Moro

Principais veículos destacaram ordem de prisão expedida pelo magistrado.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Foto: Reprodução

A decisão do juiz Sergio Moro de decretar a prisão do ex-presidente Lula repercute na imprensa internacional. O Clarín, veículo de maior circulação na Argentina, estampa em sua versão na internet: “Moro ordenou a detenção de Lula da Silva”. O francês Le Monde destaca que “um juiz brasileiro emitiu um mandado de prisão contra Lula” e estampa uma imagem com os dizeres “Não à prisão de Lula”, em português.

O El País, da Espanha, diz que “Sergio Moro decretada do ex-presidente brasileiro Lula” e publica a notícia observando que “não se passou nem 24 horas desde que o Supremo Tribunal Federal decidiu denegar o recurso de Lula, condenado a 12 anos por corrupção, quando Moro ditou um ato fulminante para decretar sua prisão”.

O americano The New York Times publicou um texto da agência Associated Press que diz que a ordem de Moro “dá um grande golpe ao líder outrora amplamente popular que estava tentando montar um retorno político antes das eleições de outubro”.

Segundo a Bloomberg, “a prisão de um dos líderes mais emblemáticos da história brasileira” está abalando a maior nação da América Latina. Além disso, aponta que, “depois de deixar o cargo em 2010 com altos índices de aprovação, o ex-sindicalista tornou-se uma figura profundamente polarizadora, amado pela esquerda por suas políticas sociais e insultado pelo direito à corrupção que floresceu sob os 13 anos de governo do Partido dos Trabalhadores”.

No Corriero Della Serra, jornal italiano, uma reportagem foi publicada após a determinação de Sergio Moro: “Lula está a um passo da prisão”. O site destacou ainda que os problemas não estão apenas no PT, mas também no cenário político brasileiro, com o atual presidente Michel Temer, que sonha em tentar a reeleição, e têm índices de popularidade muito baixos.

O El Comercio, maior periódico peruano, traz na capa de seu site uma foto de Lula e os dizeres: “Tem 24 horas para se entregar”. Além disso, destaca Moro “como ícone da operação Lava-Jato”.

Na Colômbia, o El Tiempo estampa que “decretaram a prisão do ex-presidente Lula”. Ainda ressalta a decisão de Moro, “que veio apenas um dia após Suprema Corte negar um habeas corpus ao ex-mandatário”.

O decreto de prisão foi autorizado horas após o Supremo Tribunal Federal negar na madrugada desta quinta-feira (5) o pedido de habeas corpus preventivo, protocolado pela defesa do ex-presidente Lula.

Em janeiro, o ex-presidente teve a condenação dada pelo juiz Sergio Moro em primeiro grau, confirmada pela 8ª turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. Na ocasião, os desembargadores aumentaram a pena de Lula, de nove anos e meio, para 12 anos e um mês de prisão.

Reportagem: Tácido Rodrigues 

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.