Liminar cai e comissão vai prosseguir com denúncia contra Lázaro Borges

Na primeira audiência, ainda sem data, serão ouvidos o denunciante, o denunciado e as testemunhas.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Lásaro Borges (PSD) - Vereador de Patos de Minas
Lásaro Borges (PSD) foi eleito com 732 votos nas eleições de 2020
Foto: Divulgação (Câmara Municipal)

Em 1º de outubro, a Justiça concedeu uma liminar que suspendeu a comissão processante que apura a conduta ética de Lásaro Borges (PSD) em face de denúncias de suposto estelionato eleitoral, abuso de autoridade política, compra de votos e corrupção eleitoral.

Na última quarta-feira (13), uma nova decisão judicial determinou a suspensão da liminar e a retomada dos trabalhos da comissão processante. O vereador Lásaro Borges ainda não foi encontrado para a intimação. A próxima audiência, ainda sem data, ouvirá o denunciante, sr. Francisco, o denunciado, Lásaro Borges e as respectivas testemunhas.

O Patos Notícias entrou em contato com Lásaro Borges, nesta quinta-feira (14), para que ele comentasse a nova decisão, mas ainda não obtivemos retorno. Assim que recebermos uma resposta, adicionaremos nesta publicação.

A acusação, através do advogado Thiago Queiroz, informou que a primeira audiência será importante para que os vereadores e a população tomem conhecimento dos fatos narrados pelo denunciante.

Também procuramos o presidente da comissão, o vereador Daniel Gomes (PDT), para obter maiores detalhes quanto ao rito do processo, contudo ainda não tivemos retorno.

ENTENDA O CASO

Um idoso de 70 anos, líder comunitário de Lenhosos, alega que durante a campanha de 2020, Lásaro lhe prometeu um emprego em troca de votos e dos serviços de cabo eleitoral. Ele ainda alegou que após a vitória foi contratado como motorista particular do parlamentar, porém foi dispensado em seguida. Também existe a acusação de que a contratação e a dispensa foram assinados em conjunto.

Lásaro Borges nega conhecimento da promessa e das alegações e afirma que provará a inocência nas instâncias competentes. A denúncia também foi protocolada no Ministério Público.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Comments System WIDGET PACK

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.