Lásaro Borges fracassa em nova manobra e audiência é marcada

Primeira oitiva acontecerá na sexta-feira (22).
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Lásaro Borges - vereador de Patos de Minas
Lásaro Borges (PSD) é acusado ter supostamente enganado cabo eleitoral
Foto: Divulgação

Na quinta-feira (14), o Patos Notícias informou que a liminar que impedia as investigações da conduta ética de Lásaro Borges (PSD) na Câmara Municipal havia caído. O parlamentar não compareceu na reunião ordinária e não foi encontrado para a intimação.

Na sexta-feira (15), a defesa de Lásaro Borges fez um novo pedido ao judiciário para suspender a comissão processante. Ele alegou que não foi intimado e desta forma os trabalhos estariam sendo conduzidos sem o conhecimento dele.

Na segunda-feira (18), o juiz de direito, Rodrigo de Carvalho Assumpção, da 4ª Vara Cível de Patos de Minas, indeferiu o pedido e manteve a continuidade dos trabalhos da comissão processante.

“A comissão processante tem o poder-dever de ouvir quem lhe aprouver para esclarecimento dos fatos, sendo vedada apenas a participação do denunciante qualidade de acusador”.

A primeira audiência já foi marcada. Acontecerá na próxima sexta-feira (22), às 13h30. Serão ouvidos o denunciante, sr. Francisco, o denunciado, Lásaro Borges (PSD) e cinco testemunhas.

A reportagem tentou contato com o vereador Lásaro Borges (PSD) por várias vezes na terça-feira (19), mas não tivemos sucesso. Assim que recebermos um posicionamento, adicionaremos nesta publicação.

A comissão é presidida pelo vereador Daniel Gomes (PDT), com relatoria de Gladston Gabriel (PODEMOS) e participação de Elisabeth Maria (DEM).

ENTENDA O CASO

Um idoso de 70 anos, líder comunitário de Lenhosos, alega que durante a campanha de 2020, Lásaro lhe prometeu um emprego em troca de votos e dos serviços de cabo eleitoral. Ele ainda alegou que após a vitória foi contratado como motorista particular do parlamentar, porém foi dispensado em seguida. Também existe a acusação de que a contratação e a dispensa foram assinados em conjunto.

Lásaro Borges nega conhecimento da promessa e das alegações e afirma que provará a inocência nas instâncias competentes. A denúncia também foi protocolada no Ministério Público.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.