Lagoa Formosa: Suspeito de matar o próprio tio é condenado a 13 anos de prisão

O crime aconteceu em agosto de 2020. O acusado morava em Lagoa Formosa usando nome falso.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

José Araújo de Oliveira, acusado de matar o tio Antônio da Conceição Araújo, foi condenado a 13 anos de prisão em regime fechado em julgamento realizado no salão de júri do Fórum Olympio Borges nesta tarde desta sexta-feira (21-05).

O crime foi no dia 17 de agosto de 2020 na cidade de Lagoa Formosa. Segundo os autos do Ministério Público de Minas Gerais, a vítima estava em casa juntamente com uma mulher escutando músicas e fazendo uso de bebida alcoólica.

O sobrinho, contrariado e se sentindo perturbado, foi a casa e desligou o padrão de energia. Ao sair para religar o padrão, o acusado e a vítima começaram a discutir. O sobrinho então começou a agredir o tio com golpes de facão e de faca. Após o crime, o sobrinho entrou na casa e avisou a mulher que matou o tio, mas que não a mataria porque ela estava gravida.

Ainda de acordo com os autos, a acusado estava morando na cidade de Lagoa Formosa usando nome falso porque teria cometido outro crime em outra cidade. Inclusive no dia que foi preso, ele passou o nome falso.

Depois de algumas horas de julgamento, o acusado foi condenado a 13 anos de prisão em regime fechado.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Comments System WIDGET PACK

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade é integral do autor de cada comentário. Comentários ofensivos podem ser removidos sem autorização prévia. Ao comentar, você concorda com a Polícia de Privacidade e Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.