Katrina x Harvey: conheça as diferenças e semelhanças entre os dois furacões

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Nasa alerta população sobre passagem do Furacão Harley no Texas - Foto/Divulgação Nasa

Furacão Harvey já causou prejuízos de US$ 160 bilhõesDivulgação/Nasa

Os norte-americanos fazem comparações entre o furacão Katrina, que atingiu Nova Orleans (Lousiana) em agosto de 2005 e o furacão Harvey, que atingiu o Texas na última sexta-feira (25).  Ambos possuem semelhanças e algumas diferenças.

- Continua depois da publicidade -

O Katrina deixou mais de 1.800 mortos (são 35 mortes já contabilizadas do Harvey) e também paralisou a produção de petróleo o Golfo do México. As imagens das áreas inundadas também são bastante semelhantes.

O prejuízo financeiro deixado pelo Katrina foi estimado em US$ 100 bilhões, neste ponto menor que projeções do Harvey, cujo dano estimado é de US$ 160 bi. O Katrina deixou 3 milhões de pessoas na área metropolitana de Nova Orleans sem energia elétrica.

Na infraestrutura, a comparação entre cidades é contrastante. Houston é a quarta maior cidade americana, em sua área central vivem 2 milhões de pessoas e está acima do nível do mar. Já Nova Orleans tem cerca de 450 mil habitantes em sua região central e está abaixo do nível do mar. Cerca de 80% da cidade ficou inundada.

O furacão Harvey chegou ao Texas na categoria 4, o penúltimo mais perigoso na escala de furacões, mas baixou para categoria 1- tempestade tropical. Mesmo assim, o volume de água despejado foi recorde no país: foram 132 centímetros em cinco dias. Já o Katrina chegou à terra firme na categoria 3 e o volume de água foi de em média 200 mm.

A estimativa é de que 13 milhões de pessoas serão afetadas pelo Harvey até o fim da semana, além do Texas, em Lousiana, Mississippi, Tennessee e Kentucky nos próximos dias.  O Katrina afetou 15 milhões.

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -