Justiça impede divulgação de pesquisa eleitoral em Patos de Minas

Candidato a prefeito entrou com pedido de liminar que foi julgado procedente.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Justiça Eleitoral decidiu conceder liminar que impediu a divulgação de uma pesquisa eleitoral com relação a disputa pela prefeitura de Patos de Minas.

A coligação do candidato, Arnaldo Queiroz (PSD), entrou com representação e alegou que “o registro da pesquisa não contempla o nome do contratante, ausência de apresentação de nota fiscal emitida, ausência de comprovação da origem do valor pago, ausência de detalhamento dos bairros onde a pesquisa eleitoral foi realizada e ausência de consistências nos dados apresentados no plano amostral”.

O juiz eleitoral, Tenório Silva Santos, concedeu medida liminar no dia 15 de outubro e impediu a divulgação da pesquisa em uma emissora de televisão regional. “Faz-se urgente e necessária a suspensão de sua veiculação, visando  a indução do eleitora a erro  ou falseamento do momento atual do pleito eleitoral. Diante do exposto, determino o sobrestamento da pesquisa eleitoral n. MG-00134/2020, registrada pelo Instituto Veritá Ltda. – EPP, até a sua regularização”. Clique aqui e veja a íntegra da decisão.

Conforme apurado pelo Patos Notícias, a pesquisa foi registrada no dia 9 de outubro (veja aqui) e ouviu 404 pessoas entre os dias 12 e 15. O contratante, segundo registro no TSE, seria o próprio instituto de pesquisa. Essa é a única pesquisa registrada até o momento, nenhuma foi divulgada ao público até 17 de outubro.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.