Justiça Eleitoral suspende divulgação de duas pesquisas em Patos de Minas

A coligação de Béia Savassi entrou com representação contra as coligações de Arnaldo Queiroz e Falcão.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O Juiz Eleitoral, Tenório Silva Santos, determinou, liminarmente, neste sábado (14/11) a suspensão de duas pesquisas de intenção de voto relativas a disputa a prefeitura de Patos de Minas.

A coligação de Béia Savassi (DEM) entrou com representação contra as coligações de Arnaldo Queiroz (PSD) e Falcão (PODE) indicando irregularidades nas pesquisas desenvolvidas pelo Instituto Data News e Data Quest.

O jurídico de Béia Savassi alegou que “a pesquisa mencionada apresentou irregularidades, sendo: contradição nos dados de gênero do plano amostral, irregularidade no sistema interno de controle e verificação, ausência de assinatura digital com certificado digital do estatístico responsável pela pesquisa, impossibilidade de o responsável técnico ter realizado as pesquisas”.

Além disso, a representação da coligação de Béia Savassi apontou que as pesquisas de Arnaldo e Falcão, apesar de serem de institutos diferentes, foram realizadas pelo mesmo estatístico.

Tenório Silva Santos considerou, em ambos os casos, que haviam indícios de irregularidade e estacou que é necessário uma melhor elucidação.  “As pesquisas eleitorais são instrumento poderoso e que precisa ser revestido de absoluta legalidade e de legitimidade, sob pena de causar prejuízos irreversíveis às campanhas e desequilibrar o pleito” escreveu o juiz na decisão que suspendeu a divulgação das pesquisas.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS