Jovens de escolas estaduais comercializam produtos na “Feira do Meu Primeiro Negócio”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Capinhas para celulares, luminárias, almofadas, tudo produzido de forma artesanal. Estes são os produtos que serão comercializados, entre os dias 15 e 16 de novembro, por alunos da rede estadual de ensino que participam do programa Meu Primeiro Emprego.

A ação ocorrerá durante a “Feira do Meu Primeiro Negócio”, montada na portaria 5 do Minas Shopping, na região nordeste de Belo Horizonte. Na oportunidade, os visitantes do estabelecimento poderão conhecer o trabalho dos jovens empreendedores e adquirir os produtos desenvolvidos por estudantes de 45 escolas de todo o estado, de 28 municípios.

A feira tem o objetivo de proporcionar aos alunos a experiência prática de vendas. O aluno Pedro Henrique Ferraz, por exemplo, conta da expectativa de expor seus produtos pela primeira vez. “Participar do evento é um ponto motivacional. É muito bacana ver nossas ideias sendo expostas”, relata o jovem de 16 anos da escola Escola Estadual Ilka Campos Vargas, do município de Tombos.

Este ano, 400 escolas estaduais participam do Meu Primeiro Negócio. Elas estão distribuídas por 203 municípios mineiros e atendem juntas cerca de 12 mil estudantes. A apresentação das Miniempresas faz parte da programação da Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia (Finit).

Em 2017, os alunos tiveram um faturamento de R$ 10.265,00 com a venda de seus produtos.


Crédito: Divulgação/Sedectes

Meu Primeiro Negócio

O Programa Meu Primeiro Negócio é um projeto de educação empreendedora que tem como principal objetivo promover a cultura empreendedora entre estudantes do ensino médio de escolas estaduais.

Ao longo de 12 semanas, monitores, voluntários (das áreas de marketing, finanças, recursos humanos e produção) e estudantes se encontram semanalmente para aprender conceitos como livre iniciativa, mercado, produção e comercialização.

Os encontros acontecem no contraturno escolar e, neles, os alunos têm o desafio de criar e operacionalizar uma empresa estudantil. Os estudantes definem, por exemplo, capital social, elegem uma diretoria, comercializam ações e produzem seus produtos.

“Eles têm uma parte de conteúdo e depois começam efetivamente a produzir. Fazem pesquisa de mercado, capitalização da miniempresa, assumem responsabilidade de pagar os salários, vender os produtos e recolher impostos. No final do programa, eles vão fechar a empresa e devolver o dinheiro para os acionistas. Na assembleia final, todo o dinheiro arrecadado com o imposto deve ser direcionado para uma ação social na comunidade”, destaca coordenadora técnica do programa pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), Jéssica Rangel Silva.

O Meu Primeiro Negócio é uma iniciativa do Governo de Estado de Minas Gerais, em parceria com a Junior Achievement Minas Gerais, capitaneado pela Sedectes, com apoio da Secretaria de Estado de Educação (SEE).

Serviço:

Feira do Meu Primeiro Negócio
Datas e horários de visitação: 15/11, de 12h às 20h, e no dia 16/11, de 10h às 22h
Local: Portaria 5 do Minas Shopping, em Belo Horizonte/MG

Let’s block ads! (Why?)

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.