Jovem que armazenava e compartilhava fotos e vídeos eróticos de menores é preso em São Gotardo durante Operação Luz na Infância II

A operação está sendo realizada em todo o país e um mandado de prisão foi cumprido na região, precisamente em São Gotardo.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Ao centro de camisa branca, o delegado, Ricardo Maximiano, que atuou na operação.
Foto: Divulgação (Polícia Civil/MG)

Ministério da Justiça e Segurança Pública e a Polícia Civil deflagraram nesta quinta-feira (17), em todo o Brasil, uma Mega Operação de combate a Pedofilia.

A Operação batizada de Luz na Infância II teve como objetivo coibir crimes de exploração sexual infantil por meio de compartilhamento e armazenamento de arquivos contendo cenas de sexo envolvendo crianças e adolescentes.

- Continua depois da publicidade -

Ao todo, foram cumpridos 579 mandados de busca e apreensão pelas Policias Civis de 25 Estados, contando com a participação de dois mil e seiscentos policiais. Em Minas Gerais, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão e prendeu Infratores em 32 Cidades, com 68 alvos identificados.

No âmbito do Departamento e da Regional de Patos de Minas, o alvo foi uma pessoa, do sexo masculino, de 24 anos de idade, na Cidade de São Gotardo. Equipe da Polícia Civil, composta de Peritos e Investigadores e liderada pelo Delegado Ricardo Maximiano, prenderam em flagrante delito uma pessoa que armazenava e compartilhava matérias de cunho sexual envolvendo crianças e adolescentes, o que caracteriza o crime descrito no art. 241-A, do Estatuto da Criança e do Adolescente, que prevê pena de reclusão de 3 a 6 anos e multa.

Material apreendido durante a operação.
Foto: Divulgação (Polícia Civil/MG)

Apesar de ser considerada uma doença pela Organização Mundial de Saúde, os Delegados de Polícia Civil enfatizaram que a conduta de simplesmente armazenar cena de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes já configura crime pela legislação penal, não podendo ser tolerada e devendo ser fortemente combatida, em caráter prioritário diante da potencialidade lesiva a sociedade.

Leia mais: Polícia faz operação contra pedofilia em 24 estados e em Brasília

Fonte: ASCOM PCMG

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -