Jovem mata homem em Matutina e diz que agiu em defesa do irmão

O crime foi registrado no último domingo. O autor e seu irmão foram presos pela Polícia Militar.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Ilustrativa

Uma discussão no início da noite de ontem, domingo (19/11), em Matutina, terminou com uma pessoa morta. De acordo com informações da Polícia Militar, o autor do homicídio recebeu informações de que seu irmão estaria sendo vítima de ameaças.

Diante disso, o indivíduo se apoderou de uma faca e foi até o local. Ele relatou que questionou o rapaz que estava envolvido na discussão e que esse respondeu: “Não estava acontecendo nada, mas iria acontecer”. O autor alegou, que neste momento, foi agredido com um pedaço de madeira.

Em um momento de ânimos extremados, o homem pegou a faca e desferiu um único golpe na região superior torácica da vítima. Após a consumação do ato, ele evadiu do local.

A vítima, Edinaldo Gonçalves de Castro de 41 anos, foi socorrida por policiais militares e encaminhado ao Pronto Socorro. A médica plantonista constatou que não havia mais sinais vitais quando o paciente deu entrada na unidade. O corpo foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) de Patos de Minas e posteriormente liberado aos familiares.

Em seguida, os militares se empenharam em localizar o autor do homicídio. Rastreamentos foram feitos em todo o perímetro urbano da cidade, sendo que o mesmo foi encontrado no interior da residência de seus genitores. Wellington Junior da Silva Cruz de 22 anos foi preso, juntamente com seu irmão, vítima das ameaças. Ambos confessaram as circunstâncias do ocorrido.

A Polícia Civil irá assumir as investigações do caso.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS