José Eustáquio planeja ser deputado federal e cogita saída do DEM

“Nós realmente sentimos na pele a falta que faz um deputado federal" desabafou o prefeito.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
José Eustáquio
Foto: Lélis Félix (Patos Notícias)

O prefeito de Patos de Minas, José Eustáquio (DEM), quer disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados. Entretanto, ele planeja sair do Democratas e se filiar em partido de menor expressão. O motivo da mudança seria a legenda partidária. O Chefe do Executivo entende que, em uma agremiação de menor expressão, necessitaria de menos votos para ser eleito. Para justificar o posicionamento, citou a deputada federal Greyce Elias (AVANTE) que se elegeu com pouco mais de 30 mil votos, o que seria inviável em um partido como o DEM.

“Nós realmente sentimos na pele a falta que faz um deputado federal. Lá em Brasília é onde realmente tem o dinheiro. Patos de Minas precisa de um deputado federal, que seja eu ou que seja outro. Estamos à disposição; se julgarem que eu consigo unir as forças políticas eu estou à disposição”, disse Eustáquio em entrevista ao jornalismo da Rádio Clube 98.

Além disso, o prefeito afirmou que a saída do partido não tem ligação com o entrevero gerado durante as convenções do DEM. José Eustáquio cogitou ser candidato a prefeito, mas não teve seu nome aceito pelos correligionários. O motivo da desfiliação seria apenas uma estratégia para ser eleito com menos votos.

“Nós temos que analisar bem a questão do partido. Nós sabemos que o Democratas, o MDB, PSDB e outros partidos, exigem uma legenda muito grande. Ou seja: precisa de uma votação muito grande para a pessoa ser eleita. Por outro lado, alguns partidos conseguem eleger deputados federais com uma votação menor. É o caso do partido que elegeu a deputada Greyce Elias”, disse.

Apesar de comentar o assunto, Eustáquio disse que, no momento, está focado na transição. O objetivo dele é deixar a prefeitura “arrumada para o prefeito Falcão” e, só depois, pensar no futuro político. Caso queira ser candidato, José Eustáquio terá de recuperar a confiança da região. Críticos e apoiadores ouvidos anonimamente pelo Clube Notícia dizem que a articulação do prefeito, nos últimos quatro anos, na região não foi bem vista e as cidades vizinhas podem rejeitar a candidatura e apoiar outros nomes.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.