Itamaraty divulga nota expressando solidariedade ao povo mexicano após terremoto

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Cidade do México - Vista de um destruído durante terremoto que atingiu o México (EPA/Direitos reservados)

Vista de um destruído durante terremoto que atingiu o México hojeAlejandro Cruz/EPA/Direitos reservados

O governo brasileiro lamentou na noite de hoje (19) “com profunda consternação” os estragos causados pelo violento terremoto que atingiu nesta terça-feira o México, provocando a morte de mais de uma centena de pessoas. Em nota, o Itamaraty informou nao ter, até o momento, registro de cidadãos brasileiros entre as vítimas. No documento, a diplomacia brasileira transmitiu condolências às famílias das vítimas e expressou solidariedade ao povo e ao governo do México.

Por meio do Consulado-Geral do Brasil no México e da Divisão de Assistência Consular (DAC), em Brasília, o Itamaraty seguirá acompanhando os desdobramentos da tragédia provocada pelo segundo abalo sísmico que atingiu o México em menos de duas semanas.

Para casos de urgência, o Ministério de Relações Exteriores disponibilizou telefones para contato para de brasileiros que estejam enfrentando dificuldade. O telefone de plantão do Consulado-Geral do Brasil no México é: 044 55 3455-3991 (chamadas originando da Cidade do México), 01 55 3455-3991 (chamadas originando do interior do México) e (00xx) 52 1 55 3455-3991 (chamadas originando do Brasil).

Alem disso, o Núcleo de Assistência a Brasileiros do Itamaraty, em Brasília, poderá ser acionado pelo e-mail dac@itamaraty.gov.br e, também, pelos telefones +55 61 2030 8803/8804 (das 8h às 20h) e + 55 61-98197-2284 (Plantão Consular, das 20h às 8h).

Terremoto

Às 13h14 no horário local (15h14 em Brasília), um terremoto de magnitude 7 que sacudiu a região central do México, com epicentro nos arredores da cidade de Axochiapan, no estado de Morelos.

Segundo autoridades mexicanas, mais de 119 pessoas morreram devido ao abalo sísmico. As mortes foram registradas nos estados de Morelos – epicentro do tremor -, México, Puebla e na capital do país, cujo prefeito, Miguel Ángel Mancera, disse morreram 30 pessoas e 44 edifícios desabaram.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.