Investigado por triplo homicídio é preso pela Polícia Civil

O caso ganhou repercussão e ficou conhecido como "chacina da MGC-354".
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Atiradores abrem fogo contra carro e matam três pessoas
Automóvel das vítimas foi atingido por vários disparos.
Foto: Arquivo – Reprodução (WhatsApp/Rede Social)

Após cerca de dez dias de investigação a Polícia Civil conseguiu identificar os três suspeitos de praticar um triplo homicídio na MGC-354, município de Patos de Minas. O crime aconteceu no dia 21 de abril e deixou três vítimas, dois homens e uma mulher. Clique aqui e relembre o caso. 

Na última sexta-feira (03), após esforços conjuntos das equipes de Patos de Minas e Uberlândia, um dos investigados, um homem de 31 anos, foi preso. Outras duas pessoas, que tiveram mandados de prisão emitidos pela justiça, continuam foragidos. Segundo a Polícia Civil, as identidades destes cidadãos será divulgada posteriormente para que a população ajude na sua localização.

O delegado, Érico Rodovalho, informou que o suspeito foi encontrado no interior de uma residência na cidade de Uberlândia. Após a prisão, o investigado foi trazido para Patos de Minas e em seguida encaminhado para o Presídio Sebastião Satiro.

Érico ressaltou o compromisso da Polícia Civil de dar resposta à sociedade e entregar autores de crimes de homicídio devidamente presos.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.