Internacional: Resumo da Semana

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A continuidade da saga de Donald Trump e o terror na França são alguns dos destaques da semana.

Resultado de imagem para Fundo Monetário Internacional (FMI) frança
Carta Bomba é enviada ao escritório do FMI e deixa uma pessoa ferida.
Foto: Reuters

12.03 – Seoul, Coreia do Sul: A presidente sul-coreana, Park Geun-Hye, deixou a Casa Azul, uma espécie de palácio presidencial. Após ser destituída pela Corte Constitucional no dia 10. Os juízes entenderam que a presidente violou a lei ao permitir que sua amiga, Choi Soon-Sil, se intrometesse em assuntos do Estado e desrespeitar as regras do serviço público. Haverá uma nova eleição presidencial que deverá ser organizada no prazo de 60 dias, a contar pelo dia da decisão da Corte.

Casa Azul, Seoul, Coreia do Sul
Foto: Reprodução

13.03 – Edimburgo, Escócia: Nicola Sturgeon, primeira-ministra do país, fez um pronunciamento a respeito de um novo referendo de independência, que deverá ser encerrado até 2018, antes que o Reino Unido saia de vez da União Europeia, que pode acontecer por volta do primeiro semestre de 2019. 
14.03 – Colômbia: A construtora Odebrecht financiou de forma irregular a campanha eleitoral do atual presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos em 2010. Por meio do twitter, Juan condena o financiamento, mas não o nega. Ele afirma que não estava ciente dos pagamentos, pede investigação e punição aos autores.

Juan Manuel Santos, presidente da Colômbia
Foto: Getty Imagens

15.03 – Turquia: O país ameaçou anular o acordo migratório com a União Europeia, que foi instaurado em plena crise migratória. Esse acordo permitiu reduzir o fluxo de migrantes e refugiados na Europa. O ministro turco de Relações Exteriores, Mevlut Cavusoglu, acusou o EU de não ter autorizado a emissão de vistos para cidadãos turcos previsto no pacto migratório.
16.03 – Paris, França: Uma pessoa teve ferimentos leves após abrir uma carta-bomba no escritório do Fundo Monetário Internacional (FMI). A polícia francesa isolou o local e até então, não identificou quem enviou o envelope.

17.03 – Washington, Estados Unidos: “É melhor falar um com o outro do que falar um do outro”, diz a chanceler alemã, Angela Merkel sobre Donald Trump. Em coletiva de imprensa ficou claro as discordâncias das duas autoridades, o assunto responsável pelas discórdias foi a respeito da imigração. Para Trump, “Imigração é um privilégio, não um direito”. Esse encontro é o primeiro desde a nova gestão presidencial norte-americana, e nele veio a tratar assuntos como o terrorismo, geração de empregos e financiamento da OTAN(Organização do Tratado do Atlântico Norte).

Resultado de imagem para Angela Merkel e Donald Trump
Angela Merkel e Donald Trump 
Foto: Reprodução
Thalia Oliveira
18/03/2017

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -