Intel e FAPESP anunciam oportunidades para pesquisadores com foco em FPGAs

Pesquisadores vinculados a instituições de ensino no Estado de São Paulo podem apresentar propostas até o dia 11 de outubro.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Reprodução

A Intel Brasil e a FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) dão continuidade ao histórico de parceria entre as instituições e lançam uma nova chamada de propostas de apoio a pesquisas sobre novas abordagens para o uso de Field Programmable Gate Arrays (FPGAs ou “Arranjo de Portas Programáveis em Campo”) em segurança e criptografia e domínios associados.

A ideia da proposta é fornecer uma oportunidade a pesquisadores para explorar e propor modos inovadores de melhorar a segurança aproveitando os benefícios oferecidos pelas FPGAs, levando em conta que elas têm um impacto significativo e positivo em áreas tais como Automotiva, Veículos Aéreos Não-Tripulados/Drones, Inteligência Artificial, Internet das Coisas e Data Centers.

- Continua depois da publicidade -

Os proponentes devem indicar claramente os problemas e as oportunidades a serem abordadas e o impacto potencial se a investigação for bem-sucedida. Eles também são incentivados a trabalhar com plataformas da Intel para a otimização de resultados.

O lançamento oficial da chamada foi no último dia 24 de julho e as propostas serão aceitas até o dia 11 de outubro. A chamada está aberta a pesquisadores de instituições de ensino e de pesquisa, públicas ou privadas, no Estado de São Paulo.

Requisitos adicionais, condições e restrições do Programa FAPESP de Pesquisa Cooperativa para Inovação Tecnológica (PITE) e documentos necessários para a inscrição estão no www.fapesp.br/sage. A chamada oficial de propostas pode ser conferida em www.fapesp.br/11115.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -