Durante abordagem da PM 

Integrantes de quadrilha que aplica golpes do cartão são presos em Patos de Minas

Os policiais descobriram uma vítima da quadrilha na cidade.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A Polícia Militar prendeu dois integrantes de uma quadrilha que aplicava golpes do cartão bancário em Patos de Minas. A abordagem aconteceu no fim da tarde desta terça-feira (07/12) no Bairro Copacabana. Um homem de 29 anos e um adolescente de 17 anos foram detidos.

Segundo informações do sargento Blaiton da Polícia Militar, durante patrulhamento, os policiais suspeitaram de dois homens dentro de um veículo GM/Onix Plus LT sedan de cor branca. Os suspeitos apresentaram muito nervosismo ao ver a viatura policial, momento que os militares realizaram a abordagem.

Após abordarem o veículo, os suspeitos foram bastante contraditórios nas perguntas feitas pelos policiais. O adolescente de 17 anos então contou aos policiais que estaria na cidade para a prática do crime de estelionato. Segundo o garoto, ambos pertencem a uma quadrilha especializada em clonagem e furto de cartões bancários. A dupla alegou ser de Campinas/SP. Segundo o policial, a dupla é apenas uma parte da quadrilha que é responsável pela retirada do dinheiro no local.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, outros integrantes da quadrilha fazem contato telefônico com as vítimas. Os criminosos se passam por funcionários da ouvidoria do banco, dizendo que o cartão de crédito ou débito da vítima havia sido clonado. Os estelionatários dizem ainda que estariam enviando um funcionário do banco na residência da vítima para retirar o cartão e destruí-lo.

O funcionário fictício do banco, que na verdade são estelionatários, pegam o cartão e efetuam compras no comércio da cidade, saques e transferências em agências bancárias.

A dupla disse que alugou uma casa em Patos de Minas e teriam chegado nesta terça-feira na cidade. Os suspeitos fizeram uma vítima em Patos de Minas, um homem de 84 anos. Com um saque feito no cartão dele, os suspeito pagaram este aluguel e realizaram compras para se manter na cidade.

Os militares foram até a casa onde os suspeitos estavam, onde foi encontrado drogas, maquinas de cartão, cartões de crédito, cartões em branco e extratos bancários de sagues e transferências que faziam. O policial disse ainda  o veículo que estavam era alugado. Eles devem responder por estelionato, furto e uso de drogas. A dupla foi levada para a Delegacia de Polícia Civil, que vai investigar o caso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.