Instituições Federais atuam no combate ao coronavírus

Entre as ações desenvolvidas, estão a produção de máscaras e equipamentos hospitalares
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Mesmo com o ano letivo paralisado, a maior parte das instituições federais está se movimentando. É que elas estão se dedicando a produzir equipamentos de proteção individual e álcool em gel, para combater o novo coronavírus.

- Continua depois da publicidade -

De acordo com os dados do Ministério da Educação (MEC), duas em cada três instituições federais têm buscado implementar ações que possam contribuir para o enfrentamento da covid-19. Em média, 1,2 mil ações estão sendo realizadas por 110 universidades, institutos federais e centros. As atividades beneficiam mais de 70 milhões de pessoas.

O Ministério da Educação criou um portal para monitorar o funcionamento e as ações das instituições federais. Todas as informações são atualizadas na plataforma disponibilizada pelo MEC.

A ferramenta foi desenvolvida em parceria com a Universidade Federal do Cariri (UFCA), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) e a Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA).

Além dos equipamentos, mais de 70 instituições estão dedicando tempo para:

  • Produzir materiais educativos;

  • Promover aconselhamento e apoio psicológico;

  • Assessorar secretariais estaduais e municipais de saúde;

  • Fornecer capacitação profissional;

  • Realizar teleatendimento para esclarecer as dúvidas da população;

  • Distribuir alimentos;

  • Produzir materiais de limpeza.

Os institutos também têm realizado exames para detectar o coronavírus, assim como, têm atuado na construção de equipamentos hospitalares, como os respiradores, essenciais no tratamento de pacientes mais graves.

No portal produzido pelo MEC, é possível encontrar a instituição, estudantes, professores, técnicos e demais profissionais envolvidos nos projetos.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -