Inscrições para o Prouni 2020 estão suspensas, mas consulta de bolsas disponíveis continua

Decisão partiu do MEC após TRF suspender inscrições do SISU
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Por decisão do Ministério da Educação (MEC), estão suspensas as inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni), após o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF) suspender as inscrições para o Sistema de Sistema de Seleção Unificada (SISU). Ambos os processos de candidatura estavam previstos para ter início nesta terça-feira (28). O ministério ainda não estipulou nova data.

- Continua depois da publicidade -

Mesmo com essa decisão, os estudantes poderão consultar informações referentes às bolsas relativas ao primeiro processo seletivo do Prouni de 2020, no site do programa. As 251.139 bolsas foram divulgadas na última sexta-feira, 24 de janeiro. Trata-se do maior número já disponibilizado na história em processos seletivos de primeiro semestre.

Os interessados podem buscar as vagas por nome do curso, como Enfermagem e Direito, por instituição ou por município. Na lista, é possível identificar se a oferta de bolsa é integral ou parcial.

Sobre o Programa

O Prouni oferta bolsas de estudo integrais – 100% – ou de 50% a estudantes de cursos de graduação e de cursos sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. É direcionado aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais.

 

Alternativa

Se você quer cursar uma faculdade ainda no primeiro semestre deste ano, mas teme o atraso na matrícula por conta das suspensões do Prouni e SISU, pode recorrer a bolsas de estudo oferecidas por programas de inclusão educacional como o Educa Mais Brasil. É possível conseguir descontos de até 75% na mensalidade do curso que você quer, na instituição de ensino de sua preferência. Tudo isso sem necessidade da nota do Enem.

 

*Matéria produzida com informações do MEC

Fonte: Bárbara Maria – Agência Educa Mais Brasil

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -