Inscrições para bolsas de estudo vão até dia 30 na região de Patos de Minas

Parceria entre o governo de Minas Gerais e startup lançou 25 mil bolsas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
De acordo com dados da Brasscom, a previsão é de que
haja um déficit de cerca de 400 mil profissionais de TI
em todo o Brasil até 2022
Foto:Free-Photos por Pixabay

Uma ação organizada pelo Governo do Estado de Minas Gerais, em parceria com a Digital Innovation One – maior ecossistema open education da América Latina -, disponibiliza 25 mil vagas em cursos gratuitos e on-line para qualificação profissional em desenvolvimento de software. O anúncio foi feito pelo governador Romeu Zema, nesta quinta-feira (3/9). As inscrições ficam disponíveis até o dia 30 de setembro e podem ser feitas por meio do link (bit.ly/2Z51yOD).

A parceria entre as duas instituições faz parte do programa Uaitec desenvolvido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e tem o objetivo de gerar oportunidades para quem está buscando o primeiro emprego, recolocação ou até mesmo para aqueles que querem se arriscar em uma nova profissão. Além disso, proporcionam oportunidades para atualizar e qualificar os profissionais que já atuam no setor de Tecnologia da Informação afirma o secretário-adjunto da Sede, Fernando Passalio.

As trilhas de qualificação profissional oferecidos são para Desenvolvimento de Games: HTML5, CSS3 e JavaScript e Desenvolvimento de Sistemas Java: Java, Spring Boot, Linux, Docker, SQL e PostgreSQL. Com duração de 100 horas cada, as temáticas foram escolhidas com base nas demandas de mercado. De acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a previsão é de que haja um déficit de cerca de 400 mil profissionais de TI em todo o Brasil até 2022.

O governador Romeu Zema destacou que, hoje, no mercado de trabalho, as empresas estão oferecendo muitas vagas que não são preenchidas por haver falta de pessoas qualificadas em Tecnologia da Informação. “O que o Estado está oferecendo é justamente essa qualificação para que a pessoa que tem interesse possa iniciar ou aprimorar uma carreira”, disse.

Ao final do programa de treinamento, todos os participantes que concluírem as aulas online receberão um certificado. Os alunos que apresentarem melhor desempenho podem receber convites para processos seletivos em vagas de emprego disponibilizadas pelas empresas parceiras da startup, entre elas estão o Grupo Carrefour (rede varejista e banco da marca), GFT, everis, Impulso, Zarp e ART IT, além das empresas integrantes dos ecossistemas Meu Futuro Digital e Órbi Conecta, parceiros do programa e protagonistas do ecossistema de inovação nacional. “Investir na educação é a melhor maneira de transformarmos o nosso país!” complementa Maria Fernanda Menin, Co-fundadora do Órbi Conecta e Membro de Conselho da MRV Engenharia.

Qualificação profissional

A qualificação profissional é uma das principais ferramentas para diminuir a taxa de desemprego entre os jovens brasileiros. Pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada no primeiro semestre deste ano, aponta que a taxa de desocupação da população de 18 a 24 anos foi de 23,8% no quarto trimestre de 2019. São mais de 3 milhões de jovens sem emprego.

Para o vice-presidente da Confederação Nacional de Serviços (CNS) Luigi Nese, apoiar as 25 mil bolsas de estudo também é uma forma colaborativa de impactar positivamente as empresas que procuram mão de obra qualificada. “A educação e formação de profissionais é uma das nossas prioridades para fortalecer as empresas do setor de serviços, fato que contribui diretamente para a competitividade e desenvolvimento socioeconômico. A nossa parceria com a Digital Innovation One e o Uaitec impulsiona o nosso compromisso com a sociedade e as empresas”, destaca Nese.

O programa ajudará não apenas as empresas a encontrarem profissionais capacitados, como também pode alavancar a inserção de novos talentos no mercado de trabalho trazendo reflexos positivos para o desenvolvimento socioeconômico e à distribuição de renda no estado.

Começar a trabalhar neste momento também pode ser fundamental para muitos estudantes que precisam contribuir com as despesas de casa. São inúmeras as famílias que devido a pandemia no novo coronavírus tiveram de encontrar soluções para complementar a renda.

Para Anna Martins, CEO do Órbi Conecta, hub parceiro do programa, o Brasil só será competitivo no cenário mundial através da formação de mão de obra qualificada em tecnologia. “Esse é um fator primordial para o desenvolvimento sustentável do país. Faz parte do propósito do Órbi construir conexões que impulsionem o ecossistema brasileiro de educação em habilidades digitais. Queremos eliminar a lacuna existente de profissionais de tecnologia nas mais diversas startups e corporates da nossa rede”, destacou a CEO.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ATENÇÃO: Dê preferência em utilizar sua conta do Facebook ou Google para comentar. Comentários com cinco descutidas serão submetidos a moderação. Para denunciar um comentário, clique na bandeira vermelha.
Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.