Iniciativa global leva alunos e professores de todo o Brasil para brincar fora da sala de aula

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Em sua segunda edição no País, Dia de Aprender Brincando acontece em 18 de maio e mobiliza pais e educadores para incentivar a prática de atividades em espaços abertos

Resultado de imagem para Dia de Aprender Brincando
Foto: Divulgação 
Estudo com mais de 12 mil pais e crianças em 10 países, incluindo o Brasil, mostra que as crianças de hoje em dia têm cada vez menos tempo para brincar em espaços abertos. O levantamento foi conduzido pela Edelman Intelligence, entre 2016 e 2017, e revelou que 88% dos pais ao redor do mundo acreditam que hoje em dia os filhos brincam muito menos ao ar livre do que eles em sua infância – no Brasil, esse número sobe para 91%. Por outro lado, 9% das crianças (6% no Brasil) afirmaram que não brincam em espaços abertos em seu dia-a-dia.
Para chamar a atenção sobre essa tendência que vem sendo observada ao redor do mundo, no dia 18 de maio acontece a iniciativa global “Dia de Aprender Brincando”, envolvendo pais, alunos e professores.  Promovida pela segunda vez no Brasil pela Cidade Escola Aprendiz, com o apoio de OMO, a data incentiva a prática de brincadeiras e outras atividades externas durante o período de aula. Em 2016, mais de 18 mil crianças de 138 escolas brasileiras participaram da ação.
Priscila Cruz, presidente executiva do Todos Pela Educação, avalia que “brincar é a estratégia de desenvolvimento das habilidades cognitivas e sócio-emocionais que acompanhou a evolução do ser humano e outras espécies. Consequentemente, a redução do tempo do brincar, principalmente entre as crianças menores, tem impacto negativo na sua aprendizagem escolar e na aquisição de competências que vão ajudá-las a navegar no mundo complexo do século 21”. Ela ressalta que “é preocupante o tempo que crianças passam em frente às telas ou atividades comandadas pelos adultos, deixando de ter tempo para brincar e desenvolver habilidades importantes para a vida”.
Outro dado que chama a atenção no levantamento é o fato de que 93% dos pais também acreditam que, sem o brincar, as crianças não adquirem uma educação completa – 92% no Brasil. O brincar é reconhecido por eles como um fator crítico para o desenvolvimento infantil, com a clara maioria deles (98%) concordando que esta é uma forma para que seus filhos aprendam habilidades para a vida.
Raiana Ribeiro, jornalista e gestora do Programa Cidades Educadoras, da Cidade Escola Aprendiz, reforça a importância do brincar como forma de expressão para as crianças. “Uma Cidade Educadora reconhece nas crianças, em suas múltiplas formas de expressão e linguagem – e brincar é a forma como a criança melhor se expressa -, um importante agente de transformação dessa cidade. Brincar ao ar livre possibilita que as crianças interajam com diferentes linguagens e recursos e que possam, sozinhas ou em grupo, imaginar, investigar e explorar o mundo que as cerca.”
Pais e escolas podem ter mais informações e se inscrever para a iniciativa pelo site http://www.diadeaprenderbrincando.org.br, onde também é possível pesquisar mais sobre a iniciativa, além de ter acesso a diversas sugestões de atividades para fazer com as crianças ao ar livre não apenas neste dia, mas o ano todo. Instituições de ensino de todo o país já estão sendo mobilizadas.
Déborah Santos
Triângulo Notícias
14/05/2017

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -