Infraero poderá ter parte do capital aberto, diz ministro dos Transportes

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Brasília - O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa, durante audiência pública na Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado (Antonio Cruz/Agência Brasil)

O plano é recuperar a estatal, diz o ministro Maurício Quintella no Senado     Antonio Cruz/ Agência Brasil

O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, negou nesta terça-feira ( 8) que o governo tenha planos de privatizar a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), mas admitiu a possibilidade de que seja aberto parte do capital da empresa.

Segundo o ministro, o governo nunca anunciou a privatização total da Infraero: o plano é justamente recuperar a estatal. “A ideia é dar à Infraero condições para ser sustentável”, disse Quintella, em audiência pública na Comissão de Infraestrutura do Senado.

Ele não descartou a hipótese de se vender mais de 50% da empresa. Nesse caso, a Infraero ganharia mais flexibilidade administrativa, pois suas compras não ficariam atreladas às regras da Lei nº 8.666, que trata das licitações no setor público, explicou o ministro. A expectativa é que, com abertura de capital, a gestão da Infraero melhore e a empresa se modernize tecnologicamente.

Após registar prejuízo de cerca de R$ 3 bilhões entre 2013 e 2015, além de R$ 750 milhões, no ano passado a Infraero deve lucrar neste ano R$ 400 milhões. O resultado deve-se a um perdão de dívida de R$ 1,8 bilhão que a estatal tinha com o Tesouro.

Fonte: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente do respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.