Inflação medida pelo IPC-S sobe para 0,41% em maio

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A inflação, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), subiu de 0,34% em abril para 0,41% em maio deste ano. O dado foi divulgado hoje (4), no Rio de Janeiro, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Três grupos de despesas tiveram alta na taxa de inflação de abril para maio.

Os transportes subiram de 0,07% para 0,48%. A gasolina foi o item que teve maior impacto na alta do grupo, com inflação de 2,57% em maio.

- Continua depois da publicidade -

Greve de caminhoneiros causa desabastecimento de combustível em postos de gasolina da cidade de Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro.

Gasolina teve impacto com inflação de 2,57% em maio (Arquivo/Fernando Frazão/Agência Brasil)

Mais altas

Os custos com habitação registraram aumento de 0,73% em maio, acima da taxa de 0,26% de abril. O principal impacto nesse grupo de despesas veio da eletricidade residencial, com inflação de 3,94% no mês. O outro grupo com alta foi comunicação, que subiu de 0,07% para 0,20%.

Os demais grupos tiveram recuo na taxa: saúde e cuidados pessoais (de 1,12% para 0,70%), alimentação (de 0,29% para 0,24%), educação, leitura e recreação (de 0,12% para -0,37%), vestuário (de 0,60% para 0,41%) e despesas diversas (de 0,13% para 0,06%).

FONTE: Agência Brasil

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -