Indivíduos roubam carro em João Pinheiro e vão para Presidente Olegário se divertir, mas acabam presos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Polícia Militar foi acionada após moradores desconfiarem da presença de seis pessoas desconhecidas. Um homem evadiu pelo matagal e segue foragido. 

O VW/Santana foi encontrado com todos os vidros quebrados.
Foto: Juarez Martins

Seis pessoas desconhecidas, chegaram ontem, terça-feira (04), ao distrito de Galena em Presidente Olegário. A população ficou desconfiada ao notar que às margens da rodovia LMG-726, havia carro abandonado e com os vidros quebrados. Diante disso, a Polícia Militar foi acionada e realizou a busca do automóvel pela placa, sendo constatado que o mesmo havia sido furtado na cidade de João Pinheiro.
De posse desta informação, os policiais foram até o distrito abordar as seis pessoas, no entanto ao notar a chegada das autoridades, dois homens tentaram evadir por um matagal. Durante a fuga eles deixaram cair um facão e uma espingarda.
Dois facões, uma espingarda calibre 36 e dois celulares foram apreendidos.
Foto: Juarez Martins

Policiais Civis e Rodoviários foram chamados para auxiliar nas buscar pelos suspeitos. Sendo que Daniel dos Reis Gomes da Silva, 26 anos, foi preso. O segundo indivíduo segue foragido. 
As outras quatro pessoas, uma garota de 16 anos, um adolescente de 17 anos, um jovem de 18 anos e uma mulher de 20 anos, foram encaminhadas para a delegacia em Patos de Minas. Em depoimento, o menor de 17 anos confessou ter furtado o veículo na cidade de João Pinheiro.
As cinco pessoas foram encaminhadas para a delegacia em Patos de Minas.
Foto: Juarez Martins

As mulheres que residem em Varjão de Minas, afirmaram que estava se dirigindo para Presidente Olegário para se divertir, no entanto a gasolina do automóvel acabou antes do fim do trajeto. 
Lélis Félix Souza
Triângulo Notícias
05/04/2017

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -