Impedidos no Enem precisam fazer a prova no próximo domingo ou serão eliminados, informa Inep

Candidato barrado por causa de salas cheias terá direito a fazer as provas
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Estudantes que foram impedidos de fazer a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, aplicada no domingo passado (17), precisam comparecer ao local de prova no próximo domingo (24), segundo dia da aplicação do exame, informa o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Enem. O candidato que não comparecer será eliminado.

Mesmo sem ter feito a primeira prova, o participante precisa comparecer para fazer a segunda etapa, afirma o Inep. Posteriormente, a partir do dia (25), o candidato deve pedir a reaplicação da prova que perdeu. No entanto, essa regra não vale para quem faltou à prova por motivo de desistência.

“O inscrito deverá solicitar apenas a reaplicação das provas que ocorreram no dia em que se sentiu prejudicado. Portanto, cabe ressaltar que o participante poderá realizar, normalmente, as provas do próximo domingo, 24 de janeiro”, diz o comunicado do organizador da prova.

A ocorrência de salas cheias causaram impedimento a diversos estudantes que saíram dos locais de prova sem fazer o exame. Essas pessoas afetadas tiveram seus nomes anotados em listas e enviados ao Inep.

Até o momento, não há informações sobre o número de estudantes prejudicados, mas o Inep divulgou que os casos ocorreram em seis cidades (Curitiba, Londrina, Florianópolis, Caxias do Sul, Canoas e Pelotas), embora exista registro de ocorrência em mais cidades do país.

Para solicitar a reaplicação da prova que não foi feita, o participante precisa acessar a Página do Participante no endereço https://enem.inep.gov.br/participante/, entre os dias 25 e 29 de janeiro de 2021.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.