IGP-M acumula taxa de 0,16% em 12 meses, de acordo com segunda prévia de março

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Itaboraí (RJ) - Anúncio de aluguel de lojas e salas se espalham pela cidade. O desemprego aumentou após a redução das obras do Comperj (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A segunda prévia de março do Índice Geral de Preços usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou inflação de 0,59%, diz FGVTânia Rêgo/Agência Brasil

A segunda prévia de março do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou inflação de 0,59%. A taxa é superior ao 0,03% registrado na segunda prévia de fevereiro, diz a Fundação Getulio Vargas (FGV).

De acordo com a segunda prévia de março, o IGP-M acumula taxas de inflação de 1,43% no ano e 0,16% em 12 meses.

A alta da taxa de fevereiro para março foi provocada pelos preços no atacado, que subiram 0,83% na segunda prévia de março. Na prévia de fevereiro, o Índice de Preços ao Produtor Amplo, que calcula a variação do atacado, havia tido uma deflação (queda de preços de 0,83%).

Por outro lado, o Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, teve uma taxa de 0,12% na segunda prévia deste mês, ante uma taxa de 0,35% na prévia do mês anterior. Comportamento semelhante teve o Índice Nacional de Custo da Construção, cuja inflação recuou de 0,26% em fevereiro para 0,20% em março.

FONTE: Agência Brasil

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.