Patos de Minas 

Idoso é preso ao vender lotes por R$ 2 mil cada

Segundo a Polícia Militar, o suspeito vendeu dois lotes, totalizando R$ 4 mil.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um suspeito de estelionato foi preso após tentar vender lotes ao preço de R$ 2 mil em Patos de Minas. A Polícia Militar fez a prisão na tarde de terça-feira (25/01) na Praça do Coreto, na Avenida Getúlio Vargas.

Segundo o boletim de ocorrência, denúncias indicaram que o suspeito, de 64 anos, estaria vendendo dois lotes de 25 hectares cada, por R$ 2 mil cada. Quando os PMs chegaram, ele já havia recebido R$ 4 mil de uma vítima.

Ainda de acordo com os militares, as fazendas são de uma invasão sem terra da Fazenda Mangal, região de São Pedro da Ponte Firme em Presidente Olegário.

O suspeito alegou, aos PMs, que os invasores estavam se desfazendo dos lotes e ele estaria intermediando a negociação. Os imóveis invadidos ainda não passaram por reforma agrária, e segundo a polícia, não estão devidamente escriturados.

Com o idoso foi encontrado o valor de R$ 4 mil em dois envelopes. Também foram apreendidos mapas dos lotes e croquis da região. Segundo a PM, ele usava dos documentos para convencer a vítima da legalidade da terra.

O suspeito foi conduzido para a delegacia, juntamente com o material apreendido.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

2 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Cabra da peste
26/01/2022 10:47

Kkkkkkkk povo ta foda mesmo como q acredita num tanto de hectare deste acho q nem invadido cara não vendia kkkk

Atualizado em 3 meses atrás por Cabra da peste
Luisinho
26/01/2022 10:06

Vendendo a Catedral também, pela bagatela de R$3.000,00 – Oportunidade. (Papel passado)…kkk

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.