Idoso cai em golpe de WhatsApp e perde mais R$ 25 mil em Patos de Minas

Estelionatário se passou pelo filho da vitima e pediu um empréstimo.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um idoso de 72 anos foi vítima de um golpe de estelionato na última sexta-feira (06/11) em Patos de Minas. De acordo com a Polícia Militar, a vítima disse que recebeu mensagens no WhatsApp.

O nome, a foto e o número eram de seu filho, residente em Belo Horizonte. Durante a conversa foi solicitado um empréstimo de R$ 25.976,00 por algumas horas. O idoso, em boa fé, decidiu realizar a transferência da quantia.

Depois de algumas horas foi feito um novo contato e solicitado mais R$ 50 mil. Neste instante, o idoso desconfiou, resolveu telefonar para o filho e descobriu que havia caído em um golpe.

A vítima procurou a agência bancária e tentou cancelar a transferência, contudo a quantia já havia sido sacada ou transferência para outra conta.

Um boletim de ocorrência foi registrado e nele inseridas informações para a investigação, como a conta de destino do depósito. As investigações ficarão a cargo da Polícia Civil que analisará como o estelionatário teve acesso ao WhatsApp do filho do idoso, podendo, inclusive, ser caracterizado o crime de falsidade ideológica.

Fique esperto e não caia em golpes

O Patos Notícias já noticiou vários golpes envolvendo estelionatários que utilizam do WhatsApp. Jamais façam transferências bancárias solicitadas via aplicativo de mensagens instantâneas sem checar a veracidade. Ligue (telefone) para a pessoa que pediu o dinheiro e se certifique.

Jamais compartilhe o código de segurança do WhatsApp, aquele enviado por SMS, ou clique em links desconhecidos. É desta maneira que os criminosos conseguem clonar sua conta. Outra dica é ativar a verificação em duas etapas. Veja como a seguir:

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS