Homem paga por “rapidinha”, falha e pede reembolso

Garota de programa acionou a Polícia Militar alegando ter sido agredida. Suspeito nega agressão.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um homem de 41 anos foi detido por suspeita de agredir uma garota de programa. O crime teria acontecido na Rua Iguaçu, non Bairro Lagoa Grande, na tarde desta quarta-feira (21/04). A suposta vítima disse que combinou programa com o suspeito, porém ele “falhou” e queria o dinheiro de volta.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pois havia uma mulher nua danificando um veículo na Rua Iguaçu. Ao chegar no local, os policiais fizeram contato com a garota de programa, de 23 anos. Ela relatou que havia combinado um programa com um homem de 41 anos pelo valor de 70 reais por 20 minutos.

Ainda de acordo com a versão da jovem, durante o período, o homem não conseguiu ereção e por isso queria o dinheiro de volta, tendo ela se recusado a devolver. Ela disse ainda que diante da recusa, o suspeito ficou bastante nervoso, fez ameaças e passou a agredi-la. A jovem apresentava vermelhidão no pescoço e escoriações no braço e perna esquerda.

O suspeito fugiu do local numa motocicleta de cor preta, porém a garota conseguiu tirar foto da placa do veículo. Os policiais foram até a casa do suspeito e ele confirmou o encontro com a profissional do sexo. Ele negou ter agredido ela e alegou que a vítima se lesionou para incriminá-lo.

Diante do flagrante, o suspeito foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil pelo crime de lesão corporal.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Para denunciar um comentário ofensivo clique na bandeira vermelha.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.