Homem mata coelho e agride grávida no Bairro Vila Garcia

A vítima é companheira do suspeito, que teria tido uma crise de ciúmes do pai dela.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um homem de 29 anos foi preso por tentativa de homicídio, violência doméstica, dano ao patrimônio e maus tratos contra os animais. O fato aconteceu no Beco São Pedro, no Bairro Vila Garcia em Patos de Minas. A discussão teria ocorrido por ciúmes da mulher, que está grávida, conversar com o pai dela.

Segundo informações da Polícia Militar, testemunhas ligaram no telefone 190 e informaram que havia uma briga de casal no Beco São Pedro. As viaturas foram para o local e os policiais depararam com a vítima, de 37 anos, trancada do lado de fora da casa. No chão, havia vários pertences da vítima esparramados pela rua. Os policiais ainda encontraram um coelho de estimação morto sobre o muro da casa vizinha, preso numa concertina.

O companheiro da vítima, de 29 anos, estava sem camisa e bastante agressivo dentro da casa. Ele gritava que não queria a vítima dentro da casa, apenas o filho dela, já que ela está grávida de dois meses.

A mulher alegou que está junto com o companheiro a cerca de quatro meses e que o homem chegou em casa no horário do almoço, bastante alterado sob efeito de drogas e álcool. Ele teria tido uma crise de ciúmes por causa da vítima conversar com o pai dela pelo telefone.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito chutou o coelho de estimação, pegou o animal pelo pé e bateu na parede até mata-lo. A vítima foi para o quarto dela chorando, momento que o companheiro chegou, a jogou sobre a cama e passou a enforca-la, dizendo que a mataria. A vítima disse ainda que chegou a ficar inconsciente.

O homem ainda pegou um isqueiro para atear fogo no colchão, porém ela conseguiu intervir. Ele então pegou o colchão de solteiro, colocou fogo do lado de fora da casa, porém foi apagado pela vítima. O companheiro retornou para o imóvel e ligou o gás de cozinha. Ele a ameaçou que se chamasse a polícia, iria colocar fogo na casa.

Com a chegada do reforço de policiais, o suspeito abriu o portão. Durante busca pessoal, os policiais encontraram uma faca de mesa com ele. O suspeito disse que estaria come ela para legítima defesa. Os policiais encontraram a casa toda revirada, com copo quebrado, com forte odor de gás de cozinha e com sangue do coelho espalhado pelo imóvel.

A vítima foi levada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) onde recebeu tratamento médico. O médico identificou lesões por enforcamento no pescoço, soco no queixo, lesões nos braços e nas costas.

O suspeito foi preso e levado para a delegacia de Polícia Civil.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.