Homem fica insatisfeito com programa sexual e chama a polícia

O caso aconteceu na cidade de Patrocínio. Uma suspeita, de manter um ponto de prostituição, foi presa pela PM.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um homem de 52 anos chamou a Polícia Militar na tarde de ontem, quinta-feira (09), após ficar insatisfeito com os serviços prestados por uma garota de programa em Patrocínio.

De acordo com informações da corporação, ao chegar no local, Bairro São Benedito, constatou-se que a mulher havia cobrado 80,00 reais para manter relações com o homem. Segundo relato, o pagamento teria sido adiantado, contudo o cliente não ficou satisfeito.

- Continua depois da publicidade -

Também foi averiguado que um bar/lanchonete funcionava, supostamente, como ponto de prostituição. Várias mulheres estavam tomando cerveja e ao serem questionadas afirmaram que estavam ali para oferecer seus serviços. Também foi verificado uma pousada onde foram encontrados vestígios de práticas sexuais.

Os fiscais de postura da prefeitura de Patrocínio foram acionados e determinaram o fechamento dos estabelecimentos já que eles não possuíam documentação e estariam favorecendo à prostituição.

Uma mulher de 29 anos, responsável pelos locais, segundo a PM, foi presa.

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -