Homem é preso após furtar, ameaçar vítima e agredir avôs na Zona Rural de Patrocínio

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu realizar a prisão do indivíduo. Ele confessou que agia em outras fazendas.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Ilustrativa

A Polícia Militar prendeu um suspeito de praticar furtos e ameaçar as vítima na zona rural  de Patrocínio. A prisão aconteceu após uma das vítimas desconfiar da atitude do próprio vizinho.

Segundo relato, o criminoso havia comparecido na residência da vítima e solicitado um empréstimo de 50 reais. Pouco tempo depois foram furtados R$: 5,00 e em outra data 50,00 reais em espécie.

- Continua depois da publicidade -

E os roubos não pararam por aí, recentemente cerca de 5 mil reais desapareceram da carteira da vítima que ficava guardada em um móvel. Segundo ela, a residência fica destrancada já que seu local de trabalho é próximo.

A vítima começou a desconfiar de seu vizinho e foi até a sua casa. No local, ele se deparou com seus avôs que informaram que o neto não estava na residência. O homem relatou que havia sido furtado e que suspeitava que o indivíduo poderia ser o autor. Diante disso, os idosos devolveram uma quantia de aproximadamente três mil reais. Segundo eles, o neto havia passado a quantia horas antes de sair de casa. Eles também declararam que não tinham conhecimento da ação ilícita.

Após isso, o autor voltou para a casa dos avôs e os agrediram com um bastão de madeira. Logo após, se dirigiu para a residência da vítima e a ameaçou com uma faca e disse: “Se você provar que peguei este dinheiro, vou acertar com você”. O autor fugiu em seguida.

A Polícia Militar foi acionada e avistou o autor que evadiu para o interior de uma mata. Os PMs realizaram os rastreamentos e conseguiram prender o indivíduo.

Em diálogo com os militares, ele afirmou que não tinha trabalho e realizava os furtos para se sustentar. Ele confessou que havia adquirido um smarphone com o dinheiro e que agia nas localidades de Silvano e Macaubas.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -