Homem é morto a facadas e pauladas no bairro Planalto

Um casal foi preso, suspeito do crime.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Um casal foi preso após matar a facadas um homem de 30 anos no Bairro Planalto. O crime aconteceu na madrugada desta terça-feira na Rua Maria da Conceição Melo Borges. A princípio, os suspeitos alegaram que a vítima teria pulado o muro da casa para roubar, porém o delegado conseguiu desvendar se tratar de homicídio.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada pela mulher que dizia que o marido teria matado um homem que havia pulado o muro da casa para roubar.

Ao chegar no local, os policiais encontraram a vítima toda ensanguentada em via pública, já sem vida. Uma equipe do SAMU esteve no local e constatou o óbito.

O rapaz de 20 anos disse que assistia TV na sala da casa, na companhia da esposa, quando ouviu uma pessoa pular o muro. Ele então apagou as luzes da casa e foi para o quarto, aguardar o suposto ladrão. Ao ver que a pessoa havia mexido na janela, o rapaz pulou o muro e a esfaqueou por trás. Após o crime, ele teria arrastado o suposto bandido para a rua.

O delegado Luís Mauro Sampaio compareceu ao local e, juntamente com os militares, começou a conversar com a mulher. Ao perceber que ela também estava suja de sangue e com ferimentos nas mãos, o delegado passou a questiona-la.

A mulher então acabou acabou contando outra versão do crime. Segundo ela, o casal e a vítima estariam na casa fazendo uso de bebidas alcoólicas. O companheiro dela teria percebido que a vítima estava com “olhares” para ela, momento que o companheiro a chamou na cozinha e disse que iria mata-lo.

O suspeito então pegou duas facas e passou a esfaquear a vítima. Ela teria reagido e passou a enforcar o suspeito, momentos que a esposa foi a cozinha, pegou outra faca e desferiu golpes na vítima.

O suspeito ainda pegou um pedaço de pau e golpeou a vítima com pauladas na cabeça, deixando o rosto desconfigurado.

Paulo César Souza Caixeta, de 30 anos, teria sido morto com 15 facadas e várias pauladas. Os suspeitos ainda mentiram a identidade da vítima e disseram se tratar de um autor de furtos no bairro. Porém, a vítima portava documentos pessoais.

Ainda de acordo com boletim de ocorrência, o suspeito alegou que havia feito uso de bebida e maconha.

A perícia da Polícia Civil esteve no local para apurar a dinâmica dos fatos, além de colher indícios para ajudar nas investigações. O casal, sendo ele de 20 e ela de 19 anos, foi preso e levado para a delegacia de Polícia Civil.

Segundo o delegado Luís Mauro Sampaio, foram nove homicídios registrados este ano em Patos de Minas. Porém, todos já estão com autoria definida.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.